NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020
ECONOMIA
Terça-feira, 14 de Julho de 2020, 16h:15

IMPOSTO

Opção de parcelamento do IPTU 2020 continua disponível

O prazo para o pagamento em cota única e com desconto de 10% se encerrou na segunda-feira (13)

Da Redação
Reprodução
O prazo para o pagamento em cota única e com desconto de 10% se encerrou na segunda-feira (13)

A opção para pagamento em cota única, com desconto de 10%, do IPTU 2020 se encerrou na segunda-feira (13).

Agora, o contribuinte conta com a possibilidade do parcelamento, em quatro vezes fixas, podendo emitir os boletos até a data do vencimento da primeira parcela, dia 11 de setembro.

Para aqueles que já tinham feito a opção pelo parcelamento em oito vezes, as datas de pagamento se mantêm.

Os boletos para pagamento estão disponíveis no site oficial da Prefeitura de Cuiabá, pelo endereço eletrônico, http://iptu.cuiaba.mt.gov.br/emissao-de-guia-do-iptu.

Vale ressaltar que para pagamento em qualquer agência bancária, o contribuinte deve aguardar um período de até duas horas após emissão para validação do documento.

Para a emissão online, é necessário que o munícipe digite o número da inscrição no campo de busca solicitado. As novas guias emitidas poderão ser pagas em qualquer agência bancária.

Após a emissão, deverá aguardar um prazo de até 2 horas para validação do documento de arrecadação.

Em relação ao IPTU, foram disponibilizados alguns canais de atendimento, que funcionam de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

As opções são por meio dos telefones (65) 9 9226–0758 e 9 9221–8328 (somente WhatsApp), Atendimento Telefônico: (65) 9 9228–4665 ou pelo plantão fiscal através do e-mail: iptu@cuiaba.mt.gov.br.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL