NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 05 de Dezembro de 2020
ECONOMIA
Domingo, 22 de Novembro de 2020, 12h:05

BLACK FRIDAY

Marcas pequenas e grandes reveem uso do termo Black Friday

Da Folhapress - São Paulo

Após o Grupo Boticário deixar de usar o termo Black Friday por entender que ele poderia ter uma conotação racista, a reflexão passou a abranger também as pequenas empresas. No caso da gigante da perfumaria, a promoção foi rebatizada de Beauty Week.
A informação foi publicada pelo presidente do grupo, Artur Grynbaum, em seu perfil do Linkedin. Na ocasião, Grynbaum também convidou, na rede, outras empresas a repensarem o termo.
A expressão Black Friday já foi questionada por ter relação com a escravatura nos EUA, mas não existem elementos que comprovem essa versão, diz o pesquisador da data Alberto Guerra, que escreveu o livro "Black Friday no Brasil" (ed. Labrador, 128 págs.). "Mas discutir a mudança é legítimo, porque existem grupos de pessoas que podem se sentir ofendidos com o termo", diz Guerra.
Em sintonia com essa proposta, a rede de idioma Minds adotou o termo English Friday para a promoção.
O franqueado Renato Garcia, 33, de Maringá, no Paraná, acredita que a mudança tenha sido mais notada por um público jovem, com idade entre 18 e 25 anos. "É um pessoal mais engajado. Tivemos um retorno positivo."
O empresário diz que a expectativa é que a ação ajude a equilibrar o caixa do negócio. Além de oferecer descontos para novos alunos, a escola passou também a negociar com estudantes inadimplentes, abrindo parcelamento e pagamento sem juros das mensalidades atrasadas. "Estamos apostando todas as fichas na promoção. Por enquanto, está salvando o ano."


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL