NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 30 de Maio de 2020
ECONOMIA
Sexta-feira, 20 de Março de 2020, 00h:10

DESENVOLVE MT

Governo adota medidas para reduzir impacto econômico ao pequeno e médio empreendedor

A Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso – Desenvolve MT está adotando várias medidas para tentar reduzir o impacto econômico da pandemia do novo coronavírus ao pequeno e médio empreendedor.

Nesse sentido, a agência monitora sua carteia de clientes e analisa pontualmente cada caso de acordo com a demanda. A Desenvolve MT deixa claro que, neste momento de dificuldade que o país enfrenta, está a disposição para atender o pequeno e micro empreendedor, missão principal da agência de fomento.

Para este público, a Desenvolve MT oferece crédito com carência de três meses e prazo de até 36 meses para pagamento. O crédito empresarial, destinado principalmente a vários tipos empresarias como EIRELI, EPP, LTDA e cooperativas, oferece 48 meses de prazo pagamento com até seis meses de carência.

Os empresários do setor de turismos, bares, restaurantes e similares podem procurar a agência que serão atendidos, e cada caso será analisado pontualmente para tentar e amenizar o impacto econômico da pandemia do novo Coronavírus.

O Ministério do Turismo publicou quarta-feira (18), no site da instituição, que prepara a edição de uma portaria que vai flexibilizar as regras de empréstimos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur).

As mudanças serão no sentido de alterar os juros e um prazo maior de carência, com foco na modalidade capital de giro. Os juros para capital de giro serão reduzidos de 7% para 5% ao ano e a carência do início de pagamento das parcelas de 6 meses para 1 ano.

“Estamos buscando formalizar o acesso para flexibilizar a linha de crédito do Fungetur a ser ofertada aos nossos clientes”, explicou o presidente da Desenvolve-MT, Jair Marques.

A Desenvolve-MT é a terceira maior agência de fomento do país em volume de empréstimos da linha Fungetur.

Devido alguns funcionários apresentarem quadro de gripe na última semana, por medidas de segurança à população e também aos nossos colaboradores, o atendimento ao público presencial está suspenso temporariamente. Outros canais, de atendimento estão disponíveis a população.

Neste momento, a diretoria orienta que o cidadão que precisa de informação possa entrar em contato pelo telefone (65)3613-7900 ou pelo site www.desenvolve.mt.gov.br.

Ou pelo canal direto via WhatsApp que foi disponibilizado ao cidadão pelo número 65 -98411-2443 que nossos agentes responderão de forma rápida e eficiente.

 Outro canal de contato é o Email: contato@desenvolve.mt.gov.br que pode ser utilizado para tirar dúvidas e obter mais informações.

Simulador de Crédito

A Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT disponibiliza o simulador de crédito online, uma calculadora em que é possível ter acesso ao valor das parcelas, taxas de juros, prazo de pagamento e carência.

O processo é bem simples e não costuma levar mais do que dois minutos. Basta que você acesse o site da Desenvolve MT identifique o banner simulador de crédito. Feito a identificação da ferramenta você precisa escolher o produto, ou seja, o tipo de crédito que quer contratar. O processo é inteiramente online, não possui custos e não precisa informar dados pessoais ou jurídicos.

A Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso – Desenvolve MT é uma instituição financeira de desenvolvimento econômico que atua há quinze anos ajudando o micro, pequeno e médio empreender a alavancar os seus negócios e a gerar empregos no estado. De 2004 a 2019 já foram atendidos 5.259 empreendedores no estado e liberados R$ 87.483.621,58 em créditos.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.





ENQUETE
Como você vê a decisão da Prefeitura de Cuiabá de prorrogar o isolamento social?
A medida do prefeito é acertada
Poderia ser mais flexível em alguns setores
Só precisa a população se conscientizar mais
Tanto faz
PARCIAL