Sábado, 25 de maio de 2019 Edição nº 10223 04/03/2002  










TORNEIO RIO-SÃO PAULOAnterior | Índice | Próxima

Flamengo vira e vence o Corinthians

O Flamengo, mesmo com dez jogadores, foi um time valente em campo e quebrou um jejum de vitórias na competição

Folha Imagem
Os jogadores do Flamengo comemoram muito a vitória, de virada, ontem contra o Corinthians
Da Agência Folha – São Paulo

Numa partida com duas viradas, o Flamengo bateu ontem o Corinthians por 4 a 3 no Maracanã e quebrou o jejum de vitórias no Torneio Rio-São Paulo.

O resultado afastou o time carioca da zona de rebaixamento e tirou os corintianos da zona de classificação.

Mesmo desfalcado dos meias Petkovic e Leonardo e do lateral Athirson, o Flamengo, embalado pela goleada sobre o Once Caldas, na última quarta-feira, pela Libertadores, iniciou o primeiro tempo partindo para o ataque e criando seguidas chances para abrir o marcador.

Aos 6min, Juninho partiu para cima da zaga corintiana e sofreu a falta na área. O juiz assinalou a penalidade. Leandro Machado bateu com perfeição e fez 1 a 0.

Aos 19min, Leandro Machado ampliou. Ele recebeu de Juninho, girou e bateu cruzado para o gol.

Apenas aos 35min os paulistas conseguiram diminuir o marcador. Gil avançou pela esquerda e rolou para trás, mas Leandro furou. Este não desistiu da jogada, tabelou com Deivid e tocou na saída de Júlio César: 2 a 1.

O time do Parque São Jorge voltou melhor para a etapa complementar. Acertando mais os passes no meio campo, a bola chegou mais facilmente ao ataque. Aos 13min, Ricardinho lançou Gil pela esquerda da pequena área. O atacante bateu por cima de Júlio César e empatou a partida.

Em seguida, o time da Gávea perdeu o atacante Leandro Machado, contundido, e o zagueiro Fernando, expulso. Em vantagem numérica em campo, o Corinthians aumentou a pressão. Aos 28min, Rogério fez bela jogada individual pela direita e cruzou na medida para a cabeçada de Deivid, que virou o marcador.

O Flamengo empatou um minuto depois, com o zagueiro Juan aproveitando rebatida do goleiro Dida. Aos 33min, Roma recebeu pela direita, se livrou da falta de Otacílio e bateu cruzado, virando definitivamente para o Flamengo.

FLAMENGO - 4

Júlio César; Valnei, Juan e Fernando; Rocha (Maurinho), Leandro Ávila, Beto (Ânderson), Juninho e Felipe Mello; Andrezinho e Leandro Machado. (Roma). Técnico: João Carlos

CORINTHIANS - 3

Dida; Rogério, Fábio Luciano, Scheidt e Kléber; Vampeta, Fabrício (Otacílio) e Ricardinho (Renato); Deivid, Leandro (Santiago Silva) e Gil. Técnico: Carlos Alberto Parreira

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro

Juiz: Luciano Augusto de Almeida (DF)

Cartões amarelos: Kléber e Scheidt (C); Beto e Leandro Ávila (F)

Cartões vermelhos: Fernando (F)

Gols: Leandro Machado (F), aos 6min e aos 19min; Leandro (C), aos 35min do primeiro tempo; Gil (C), aos 13min, Deivid (C), aos 28min, Juan (F), aos 29min, e Roma (F), aos 33min do segundo



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:51
19:51
19:46 Vampeta acha normal a derrota
19:46 Flamengo vai mudar o esquema
19:45 Para o presidente santista a derrota foi revoltante


19:45 Botafogo tropeça e fica no empata com o Bangu
19:45 Flamengo vira e vence o Corinthians
19:44 Etti Jundiaí vence o Guarani e sai da zona do rebaixamento
19:44 São Paulo goleia o América carioca no Morumbi
19:44 Palmeiras consolida a liderança
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018