Quarta feira, 17 de outubro de 2018 Edição nº 10041 18/08/2001  










MÚSICAAnterior | Índice | Próxima

Wanessa Camargo, paixão e sensualidade no novo clipe

A cantora escolheu as cachoeiras da Fumaça e da Mulata, em Jaciara, como cenário de seu novo clipe, onde contracena com um modelo mato-grossense


Wanessa Camargo e o modelo mato-grossense Everson dos Santos (Xodó, par romântico no clipe da música “Eu posso te sentir”
JOANICE PIERINI
Especial para o DC Ilustrado

As belezas naturais de Jaciara (120 quilômetros ao sul de Cuiabá) foram cenário para gravação do novo clipe da cantora pop Wanessa Camargo, de 18 anos, esta semana. Para o terceiro vídeo de sua carreira, Wanessa escolheu as cachoeiras da Fumaça e da Mulata, no Rio Tenente Amaral. Ao contrário dos dois primeiros clipes, para este a cantora elegeu um modelo mato-grossense, que contracena com ela numa cena sensual.

O clipe gravado em Mato Grosso é da música “Eu posso te sentir”, do primeiro CD da cantora. “A música fala da história de uma paixão à distância. E eu conto que quando fecho os olhos posso sentir a presença deste grande amor perto de mim”, explica. “Eu posso te sentir” é a terceira música de trabalho neste primeiro CD de Wanessa, que já vendeu cerca de 250 mil cópias desde dezembro, quando foi lançado.

A direção do clipe é de João Elias Júnior, que também dirigiu os dois primeiros vídeos de Wanessa. Para este terceiro, ao contrário dos demais – “O amor não deixa” e “Apaixonado por você” - foram feitas somente cenas externas. “Nossa maior preocupação é a questão estética, sem dramaturgias, num conceito mais popular, como é o estilo de Wanessa. O maior desafio é tirar o máximo de beleza dos cenários”, explica.

Além das cachoeiras da Fumaça e da Mulata, Wanessa também gravou num campo de algodão. Em todas as cenas a cantora utilizou vestidos pretos que, na avaliação do diretor, completam o contraste necessário para a linha que o clipe pretende seguir. Questionada sobre a probabilidade de filmar alguma cena de biquini, Wanessa foi taxativa: “só de vestido”.

Cerca de 50 pessoas participaram da equipe de filmagem do clipe, das quais nove da própria produção de Wanessa, e o restante contratado em Jaciara. A mãe da cantora e sua empresária, Zilu, esposa do cantor sertanejo Zezé Di Camargo, também esteve presente. A equipe da cantora chegou em Jaciara para avaliar os locais de filmagem no sábado (11), e ficou até quarta-feira. Wanessa esteve na cidade terça e quarta-feira. Mesmo com os desgates físicos das filmagens – foi necessário subir e descer morros em meio às trilhas e, numa das cenas ela ficou mais de três horas com os pés na água gelada – Wanessa se diz contente. “Quero fazer faculdade de cinema”, afirma.

Apesar deste ser um sonho de Wanessa, ela se diz animada com a carreira de cantora, que não pretende deixar tão cedo. Seu segundo CD já está sendo planejado, e a seleção das músicas deve começar em outubro. Antes disso, uma quarta música do primeiro CD ainda será mais trabalhada, provavelmente com a gravação de mais um clipe. “A vendagem desta primeira produção, principalmente em meio a tanta pirataria de CDs, é uma vitória”, acredita.

Uma das presenças aguardadas para as filmagens era a do ator de Malhação Dado Dolabella – filho do Carlos Eduardo Dolabella e Pepita Rodrigues e namorado de Wanessa desde o dia 20 de julho. “Ele não pode vir porque a Globo não o liberou dois dias para as filmagens”, detalha a cantora. Os dois primeiros clipes dela foram gravados com Dado. “Nos conhecemos, começou uma amizade legal, e hoje estamos namorando. Mas nada de compromissos sérios”, diz.

Na ausência de Dado, Wanessa optou por escolher um modelo de Mato Grosso. “Também é uma forma de prestigiar o pessoal daqui (de Cuiabá)”, explica Zilu comentando da amizade que sua família tem com os cantores de rasqueado Henrique, Claudinho e Pescuma. Uma prévia seleção de 18 modelos foi feita pelo colunista social Ungareth Paz. Eles recepcionaram a cantora quando de sua chegada ao Aeroporto Marechal Rondon: conversaram, tiraram fotos.

A resposta da escolha veio por telefone para o estudante do primeiro ano de Arquitetura e Urbanismo da Unic, Everson dos Santos, de 18 anos, mais conhecido como Xodó. No clipe, é ele quem inspira Wanessa para suas recordações do amor distante. No entanto, as cenas, em que Xodó acaricia seu ombro e sussurra em seu ouvido não puderam ser filmadas ou fotografadas pela imprensa. Só poderão ser conferidas quando o clipe for lançado, em outubro.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:34 Presidente critica 'calor eleitoral'
19:33 Discurso de Cid coloca em xeque 'frente democrática'
19:33 Críticas vão para programa eleitoral
19:32 Aliados disputam por espaço em ministros
19:31 Grêmio dá atenção para Libertadores


19:31 Palmeiras entra em ritmo de campeão
19:31 São Paulo já está em alerta por vaga na Libertadores
19:30 Barcelona quer afastá-lo por causa de Bolsonaro, diz jornal
19:30 Brasil derrota a Argentina e continua 100%
19:29 Operário vence o Poconé por 3 a 0
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018