Domingo, 23 de fevereiro de 2020 Edição nº 15396 28/01/2020  










Anterior | Índice | Próxima



Nos bastidores

Enquanto Mauro Mendes (DEM) e Emanuel Pinheiro (MDB) brigam, Júlio Campos se articula nos bastidores, na tentativa de convencer seus pares, no DEM, de que ele é o melhor nome do partido para disputar a vaga de Selma Arruda (Podemos) no Senado.



Idade

Julinho, inclusive, tenta convencer os aliados de que, ao contrário dos que muitos apregoam, ele não está "velho" para entrar na disputa. Entrando nos 74 anos, JC afirma que ainda tem "bala na agulha". O ex-governador promete brigar até o fim.



Prazo

DEM, PDT e Podemos são os partidos que já demonstraram interesse no passe de Roberto França para a eleição municipal em Cuiabá. O ex-prefeito, hoje filiado ao PV, se diz tranqüilo e reafirma que só anunciará uma posição a esse respeito em março.



O vice

Um dos líderes do DEM, o deputado Eduardo Botelho tem muito interesse na eleição suplementar ao Senado. Principalmente, se Otaviano Pivetta (PDT) vencer o pleito. Nesse caso, o presidente da Assembleia passa a ser o substituto imediato de Mauro Mendes.



Idolatria

Nas redes sociais, o deputado José Medeiros (Podemos) intensificou os elogios a Jair Bolsonaro. Inclusive, no caso dos imigrantes brasileiros que os EUA deportou algemados e com correntes nos pés. O parlamentar fez coro ao presidente, que apoiou os EUA.



Razões

Não é nenhuma novidade a devoção extrema de Medeiros a Bolsonaro, nas redes sociais e no plenário da Câmara Federal. Agora, deve ser uma constante, já que o deputado quer o apoio do presidente para disputar a eleição suplementar ao Senado em MT.



Cofre

Isolado politicamente, Carlos Fávaro (PSD) só não desistiu de vez de disputar a vaga de Selma Arruda porque ainda teria um suporte, digamos, financeiro. O ex-vice-governador tem o apoio do atual "rei da soja", o milionário Eraí Maggi.



Agro rachado

Para analistas, não se pode prever até quando Eraí sustentará seu apoio a Fávaro. O setor do agronegócio está amplamente dividido e o dono do PSD perdeu aliados em outros segmentos e partidos. Até o apoio de Mauro Mendes já não é mais certeza.



Ninho 2020

A cúpula nacional do PSDB definiu que a prioridade em 2020 é tentar manter as prefeituras eleitas em 2016 – São Paulo, Porto Alegre, Teresina, Maceió, Porto Velho e Manaus. Mas, disputará com força em outras capitais onde o tucano não é protagonista.



Devagar...

Em Cuiabá, desde que perdeu a disputa pelo Governo em 2018, com Pedro Taques, o PSDB anda devagar, quase parando. A Executiva em Cuiabá tenta convencer o empresário Luiz Carlos Nigro a ir para o sacrifício e disputar o Palácio Alencastro.



.....................



Marcola: fuga de R$ 200 mi

O site Metrópoles, do DF, revela que o megatraficante Marcos Camacho, o Marcola, já teria desembolsado R$ 200 milhões para os comparsas elaborarem seu plano de fuga da prisão. Em 1999, Marcola esteve preso na antiga Cadeia do Carumbé, em Cuiabá, após roubar R$ 6 milhões, num assalto à agência central do Banco do Brasil, na Av. Getúlio Vargas, no Centro da capital mato-grossense.



.......................



Semente

A suspeita é de que Marcola lançou as sementes do PCC em Mato Grosso. No dia 5 de julho daquele ano, ele e outros dois bandidos fugiram pela porta da frente da cadeia. Até hoje, não estão esclarecidas as circunstâncias da fuga do Carumbé.



Saudades...

Quem conhece garante que Teté Bezerra pode ter lá seus muitos defeitos – como gastar mais de R$ 200 mil em um jantar, o que fez Bolsonaro demiti-la do cargo -, mas, durante o tempo em que presidiu a Embratur, sempre esteve atenta às demandas no órgão.



...de Teté...

Não é o que acontece hoje, com o substituto de Teté, o sanfoneiro Gilson Machado, que, segundo se informa, se recusa a receber operadores do turismo, muitos dos quais tentam uma agenda desde agosto de 2019. O presidente de Embratur sempre enrola...



...na Embratur?

Ontem, o site O Antagonista, porta-voz de Sérgio Moro, revelou que o presidente da Embratur tem tempo de sobra, no entanto, para promover, no Nordeste, a Aliança pelo Brasil, partido de Bolsonaro que ele quer comandar em Pernambuco.



PF em 1º lugar

Em pesquisa reproduzida pelo jornal Valor, o Instituto da Democracia apontou as instituições mais confiáveis para os brasileiros. A Polícia Federal está em primeiro lugar. Enquanto isso, Jair Bolsonaro não tolera o diretor do órgão, Maurício Valeixo.



Crime organizado

As milícias – que seriam um "privilégio" do Rio de Janeiro - atuam no DF e em outros 23 estados. Em Mato Grosso, esses grupos criminosos agem na denominada "venda de segurança em áreas rurais". A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.



Marketing

Nos meios políticos e da mídia, dá-se como certo que o publicitário Antero Paes de Barros deverá comandar o marketing de Otaviano Pivetta, na eleição suplementar ao Senado. O próprio Barros era cotado para entrar na disputa pela vaga de Selma Arruda.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:30 Abilio pode ser o segundo vereador a ser cassado por quebra de decoro
16:30 Jeferson Schneider diminui delação de Silval e critica MP
16:29 BOA DISSONANTE
16:28 Alcolumbre anuncia apoio a Julio Campos
16:27 Campanha da Fraternidade - 2020


16:27 Em defesa de quem cria
16:27 Não é não, especialmente no Carnaval
16:26 Trânsito
16:25
16:25 Um futuro para o trabalho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018