Domingo, 23 de fevereiro de 2020 Edição nº 15395 25/01/2020  










SEM MINISTÉRIOAnterior | Índice | Próxima

Bolsonaro recua e descarta desmembrar ministério de Moro: "A chance no momento é zero"

Bolsonaro recua e descarta desmembrar ministério de Moro: "A chance no momento é zero"

PATRÍCIA CAMPOS MELLO
Da Folhapress - Déli

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (24) que não há possibilidade de o Ministério da Segurança Pública ser recriado agora. Ao chegar a um hotel na capital da Índia, onde se reúne com o primeiro-ministro do país, Narendra Modi, Bolsonaro afirmou que "a chance no momento (de criar um ministério da Segurança Pública) é zero".

“Não sei o amanhã, porque na política tudo muda, mas a intenção não é criar”, disse.

A discussão sobre o desmembramento do Ministério da Justiça para criar um Ministério da Segurança Pública criou um mal-estar com o ministro Sergio Moro, que disse a aliados que poderia deixar o governo caso isso acontecesse.

Ao chegar a Nova Déli, o presidente afirmou que não se manifestou antes sobre a questão de forma mais enfática porque estava em voo para a Índia, que levou 25 horas.

“Há interesse de setores da política (na criação do ministério). Simplesmente recolhemos as sugestões educadamente e dissemos que vamos estudá-las”, declarou.

Segundo Bolsonaro, ele não chegou a falar com Moro sobre o assunto porque não era necessário.

“Não preciso falar com ele, nos entendemos muito bem. Ele tem o seu perfil, outros ministros têm os seus próprios, o Brasil está indo muito bem”, disse.

“Números da segurança pública estão muito bem e, é a minha máxima, em time que está ganhando, não se mexe”, completou o presidente.

Bolsonaro afirmou ainda que a maior pressão que existe é para a volta das pastas do Planejamento e da Fazenda, que foram fundidas para criar o Ministério da Economia.

“Se isso (a pressão) se tornar público, vão dizer que eu estou querendo enfraquecer o (Paulo) Guedes”.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:30 Abilio pode ser o segundo vereador a ser cassado por quebra de decoro
16:30 Jeferson Schneider diminui delação de Silval e critica MP
16:29 BOA DISSONANTE
16:28 Alcolumbre anuncia apoio a Julio Campos
16:27 Campanha da Fraternidade - 2020


16:27 Em defesa de quem cria
16:27 Não é não, especialmente no Carnaval
16:26 Trânsito
16:25
16:25 Um futuro para o trabalho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018