Sábado, 07 de dezembro de 2019 Edição nº 15350 15/11/2019  










SAFRA 2019/20Anterior | Índice | Próxima

Conab revisa para cima estimativa de recorde para MT

MARIANNA PERES
Da Reportagem

Mato Grosso teve sua previsão de recorde no campo ampliada na segunda estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgada ontem, para a atual safra, a 2019/20. Conforme a projeção, o Estado, que é o maior produtor nacional de grãos e fibra de algodão, segue na liderança da oferta agrícola do País e acumula o nono ano seguido nessa condição. Se os números se confirmarem, serão colhidas 68,06 milhões de toneladas (t), 1% acima do recorde do ciclo anterior, quando o Estado produziu 67,37 milhões t.

Na primeira estimativa de safra projetada pela Conab para o atual ciclo mato-grossense no mês passado, a Estatal previa uma oferta de 67,96 milhões t. Com o novo cenário de volume histórico para Mato Grosso, o Estado participará sozinho com 27,62% do volume nacional, estimado em 246,36 milhões t.

Além de Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul se mantém na segunda e terceira posição entre os maiores produtores, com projeções de 38,54 milhões t (+6%) e 35,10 milhões t (-1,5%), respectivamente.

A soja é a grande responsável pela revisão altista da estimativa estadual. Conforme os técnicos da Conab a cultura deverá contabilizar 33,18 milhões t, 2,3% acima do colhido na temporada anterior, 32,45 milhões t. O milho deverá apresentar uma redução de 0,3%, saindo para 31,04 milhões t para 30,94 milhões t. O algodão em pluma também tem projeção de queda, -0,4%, com a oferta saindo de 1,81 milhão t para 1,80 milhão t.

Para o País, a estimativa da safra 2019/20 de grãos aponta para um novo recorde, com 246,4 milhões t, um aumento de 1,8% ou 4,3 milhões t em comparação à safra 2018/19. A pesquisa de campo foi realizada no período de 28/10 a 1º/11, com mais de 900 informantes em todo o país. A intenção de plantio sinaliza uma variação positiva de 1,4% quando comparado à área da última safra, chegando a 64,1 milhões de hectares.

Em relação à área plantada, Mato Grosso também registra incremento, de 1,8%, passando de 16,13 milhões de hectares e 16,42 milhões de hectares (ha).



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:09 Macondo, infelizmente...
17:09 07 – sábado Implantação de Jardim Botânico deve começar
17:08 A maconha foi liberada no Brasil?
17:08 Os pets e o estilingue
17:07 Combate ao custo Brasil


17:05
17:04 Temporada 2019 atrai 6 mil visitantes em exposições marcadas pela diversidade
17:04 Arena Encantada traz fé, magia e diversão para as famílias mato-grossenses
17:03 Em Ela disse, jornalistas contam os bastidores da investigação que derrubou Harvey Weinstein
17:02 Carol Castro: Se deixar, te colocam na prateleira do papel sensual
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018