Quinta feira, 21 de novembro de 2019 Edição nº 15346 09/11/2019  










REPERCURSSÃOAnterior | Índice | Próxima

Moro prega respeito à decisão do STF e fala em mudança da Constituição

Da Folhapress – São Paulo

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, divulgou nota oficial a respeito da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir a prisão após condenação em segunda instância, decidida na noite de quinta-feira por 6 votos a 5.

Em seu texto, Moro afirmou que o STF deve ser respeitado. No entanto, deixou claro que a Constituição Federal de 1988, usada como base na decisão, pode ser mudada.

"Sempre defendi a execução da condenação criminal em segunda instância e continuarei defendendo. A decisão da maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) para aguardar o trânsito em julgado deve ser respeitada", disse Moro.

"O Congresso pode, de todo modo, alterar a Constituição ou a lei para permitir novamente a execução em segunda instância, como, aliás, foi reconhecido no voto do próprio Ministro Dias Toffoli. Afinal, juízes interpretam a lei e congressistas fazem a lei, cada um em sua competência", acrescentou.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:01 Estudo sobre passageiros está 15 anos defasado
18:01 BOA DISSONANTE
18:00 Brexit: O jogo deve terminar
17:59 O atestado do desastre
17:59 Infames de uma tardia república


17:59 Expectativa coletiva
17:58
17:58 Bolsonaro e o meio ambiente
17:57 Gilberto Gil recorda e reinventa Refavela em documentário
17:56 A gente teve melhorias, diz Taís Araújo 10 anos após ser 1ª negra protagonista
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018