Sexta feira, 20 de setembro de 2019 Edição nº 15304 12/09/2019  










INDÚSTRIA MTAnterior | Índice | Próxima

Atividade segue em retração em Mato Grosso

MARIANNA PERES
Da Reportagem

A indústria mato-grossense acumula queda de 4,2% de janeiro a julho de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado, índice bem acima do registrado na média nacional de -1,7%. A redução observada na produção nacional alcançou dez dos quinze locais pesquisados pelo IBGE. A perda anual se dá mesmo com a alta de 5,5% observada na passagem de junho para julho, um dos poucos resultados positivos para o mês apurados no País pelo órgão.

Puxaram o desempenho da atividade industrial mato-grossense para baixo o segmento alimentício (-4,02%) e produtos de madeira (-0,85%).

Considerando o acumulado dos sete primeiros meses desse ano se destacam com resultados negativos: Espírito Santo (-12,2%), Minas Gerais (-4,7%), Mato Grosso (-4,2%), Região Nordeste (-3,4%), Pará (-3,1%), Bahia (-2,1%), Pernambuco (-1,6%), São Paulo (-1,0%), Rio de Janeiro (-1,0%) e Amazonas (-0,6%)

Por outro lado, Paraná (7,2%) e Rio Grande do Sul (6,9%) apontaram os avanços mais elevados no índice do acumulado no ano, impulsionados, principalmente, pelo comportamento positivo vindo das atividades de veículos automotores, reboques e carrocerias, produtos alimentícios e máquinas e equipamentos, no primeiro local; e de veículos automotores, reboques e carrocerias e produtos de metal, no segundo. Santa Catarina (4,2%), Ceará (2,9%) e Goiás (2,2%) também mostraram taxas positivas no acumulado do ano.

Na comparação anual, julho de 2019 ante mesmo momento do ano passado, a performance do setor estadual aponta perdas de 3,2%. Na comparação trimestral o saldo não é diferente: no 3º quadrimestre de 2018 ficou em -1%, no 1ª quadrimestre de 2019 em -4,6% (3º maior do País) e entre maio e julho já acumula -3,7%, indicando que a atividade industrial de Mato Grosso caminha para fechar os três últimos trimestres em retração, sendo o único do Centro-Oeste nessa condição.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:14 Embarques de milho somam US$ 1,34 bi em agosto, alta de 169,2%
18:13 Confinamento impulsiona abates em MT
18:02 Selma muda para o Podemos
18:02 BOA DISSONANTE
18:01 Ajuste no lugar errado


18:01 Medidas cautelares e prerrogativa de foro
18:00 Força feminina
17:59 Pivetta assume governo pela primeira vez
17:59 Revisão aponta superávit de R$ 121 milhões
17:59 Vereador entrega cargos que possuía na Prefeitura
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018