Quinta feira, 21 de novembro de 2019 Edição nº 15291 24/08/2019  










AZUL E ASTAAnterior | Índice | Próxima

Parceria amplia atendimento dentro de Mato Grosso

Da Reportagem

A Azul assinou um acordo comercial de voos com a Asta Linhas Aéreas. Focada na aviação sub-regional, a empresa, fundada em 1995, atua em nove destinos em Mato Grosso e opera onze voos diários no Estado. Com a parceria, a Azul expande sua operação para 111 destinos domésticos. Aos 104 operados pela companhia se somam Água Boa, Canarana, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Primavera do Leste e Tangará da Serra, além de Várzea Grande e Rondonópolis, onde a Azul também atua.

A expectativa das empresas é que o acordo entre em vigor em até 90 dias. Após esse prazo, os clientes da Azul poderão adquirir passagens para os novos destinos regionais da companhia em Mato Grosso assim como os passageiros da Asta poderão comprar bilhetes para os mais de cem destinos domésticos da Azul. Quando em vigor, a parceria deve incrementar o fluxo de clientes de ambas as companhias e ampliar o alcance de oferta, de acordo com o diretor de alianças da Azul, Marcelo Bento Ribeiro.

“Esse acordo comercial levará a mais cidades no Brasil um transporte aéreo de qualidade, integrado a uma malha aérea nacional e internacional, reiterando o compromisso da Azul em desenvolver novos mercados, mesmo aonde nossos aviões não chegam. Juntos com a Asta chegaremos a mais cidades de Mato Grosso, estado que se destaca pela grande extensão territorial e intensa atividade do agronegócio, reforçando nosso centro de conexões em Várzea Grande, na região metropolitana. Temos uma expectativa muito grande de fortalecer nossa presença na aviação regional, vendendo passagens para os destinos operados pela nossa parceira e proporcionando aos passageiros da Asta toda a premiada experiência Azul”, afirma Bento.

Com mais de mil passageiros transportados por mês, a Asta conta com três aeronaves modelo Cessna Grand Caravan C208B, de nove lugares. A expectativa da empresa é de incrementar a demanda em 30% com a parceria, principalmente por conta da extensão da malha da Azul e da imediata conexão com os voos da companhia a partir de Várzea Grande, onde há média de 28 voos diários para 17 destinos.

“Nosso principal foco são os passageiros do agronegócio, pessoas que precisam circular com agilidade, segurança e conforto pelas cidades do interior do estado”, diz o CEO da Asta Linhas Aéreas, Adalberto Bogsan. “As altas demandas do segmento exigem uma logística de transporte que atenda esses clientes e a Asta está cumprindo esse papel, estudando os gargalos e viabilizando o atendimento a outras cidades, por meio de parceria comercial estratégica com a Azul, uma das maiores companhias aéreas do Brasil”.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




07:43 Estudo sobre passageiros está 15 anos defasado
07:43 BOA DISSONANTE
07:42 Coisas de preto
07:41 Desserviço
07:41 A consciência negra e as afrocuiabanidades


07:40 Vilão ambiental
07:24 Ex-presidente do Paraguai teria enviado US$ 500 mil a doleiro foragido
07:24
07:18 Aras pede para derrubar liminar de Toffoli
07:16 Neymar se nega a renovar com o PSG de olho no Barcelona, dizem jornais
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018