Quarta feira, 21 de agosto de 2019 Edição nº 15284 15/08/2019  










ALECY ALVES Anterior | Índice | Próxima

História do Brasil

Até pouco anos atrás nem os nossos sonhos mais remotos traziam mensagens sobre a possibilidade da prisão e condenação de tantos políticos brasileiros por corrupção.

Essa prática secular (no Brasil, milenar mundo afora) está tão enraizada que a sociedade parecia assimilar como algo normal. A aceitação vinha, quando não da conivência ou das benesses, da apatia, da letargia daqueles que não acreditavam ou consideravam muito difícil, quase impossível, combater as forças de quem estava no poder e roubando.

Assistir alguém enriquecer-se a partir de mandatos, cargos públicos ou ligações políticas partidárias já não nos surpreendia. Até ouvimos e aceitamos por décadas o "ele rouba, mas faz". Também criamos e aprendemos a conjugar o verbo "Malufar".

Agora, depois de ver governadores, senadores, deputados, ministros e secretários de Estado presos, o que já era difícil de acreditar, parecia fora do alcance dos nossos olhos e ouvidos, veio a condenação e prisão do petista ex-presidente da República, o líder máximo da Nação. E, felizmente, não parou por aí. Temos o governador do Rio de Janeiro preso.

A História do Brasil realmente está mudando. Já podemos prever novos capítulos nos livros que serão levados às salas de aula das escolas brasileiras.

Os estudantes, especialmente os do Ensino Médio, precisam apreender formalmente, de maneira isenta, ou seja, sem paixões partidárias, as mudanças que vem acontecendo no país. Mesmo porque a Operação Lava Lato e as outras ações da Justiça serão temas de questões nos vestibulares, Enem e concursos.

O problema é que os novos conteúdos da História do Brasil e História Regional podem demorar a chegar às páginas dos livros didáticos. Já tem professores em diversas regiões reclamando das dificuldades de ter em material em sala para trabalhar com os alunos.

Por enquanto eles contam somente com textos de jornais, revistas e sites. Pesquisando na internet encontra-se muita coisa, a maioria fragmentada. O Guia Estudantil, versão online, por exemplo, pelo que vi e li, traz um dos conteúdos mais interessante e de fácil compreensão aos estudantes sobre a Lava Jato, delação premiada, caixa 2, e outros. (https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/atualidades-vestibular/resumo-atualidades-a-operacao-lava-jato/).



ALECY ALVES, jornalista e estudante de serviço social



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:03 BOA DISSONANTE
19:02 Calçadão na 13 de junho
19:01 MP da Liberdade Econômica
19:01 Trilhos, as condições estratégicas para MT
19:01 VAR e os lances polêmicos


19:00 Os riscos do protecionismo
19:00 Risco Amazônico
18:59
18:52 Teatro Móvel estaciona na Orla do Porto para inspirar crianças a trabalhar com ciência e tecnologia
18:52 Se correr, se ficar. É o bicho!
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018