Quarta feira, 21 de agosto de 2019 Edição nº 15265 19/07/2019  










LEITORAnterior | Índice | Próxima

Cabo acusa ex-chefe do MPE

Acho que tem que haver uma intervenção do ministério público Federal para dar mas transparência. Pois o ministério público estadual já vem com esses problemas desde a época do crédito que foi denunciado.

EDMILSON ROSA, Cuiabá/MT

***

Estou torcendo para que o cabo tenha provas e as apresente na audiência. Vai ser o show do ano!

HUMBERTO CESARINO, Cuiabá/MT

Taques e primo negam grampos

Os primos Taques são igual o Lula não vi nada não sei de nada, tomara que no frigir dos ovos aconteça o que aconteceu com o Lula.

JOSÉ DIAS, Cuiabá/MT

***

Tudo armado por esses coronéis malas e esse primo do Pedrinho que não presta. #voltataques

LUCIA ARANTES, Cuiabá/MT

AL pode travar pauta até fim da greve

Se os deputados vão parar de trabalhar e se juntar a greve, então será necessário cortar pagamento deles também. Já passou da hora de pararem com essa demagogia eleitoral. O limite da LRF está estourado e pronto, não tem aumento e não tem RGA até a situação fiscal melhorar.

RUTH AQUINO, Cuiabá/MT

***

Parabéns deputado Baranco! O senhor esta sendo digno de respeito da categoria. Todo cidadão que não é ignorante é sabedor que esse desgoverno só não paga os direitos dos trabalhadores da educação por que não quer. Os outros govenadores todos pagaram.

SAMUEL LIMA, Cuiabá/MT

***

Os deputados, entre eles, já mostraram que o governo já tem condições de honrar com a lei 510/13 e o governador por birra não quer dar.

ANGELO PINA, Cuiabá/MT

Produtores rurais reclamam de taxação

Quanto chororô, quanto mimimi. Imposto é imposto, ainda mais pra classe que menos paga. 200 empresas com isenção de 7 bilhões gerando 468 empregos diretos, é tanto benefício pro estado que da até medo

RENATO ALENCAR, Cuiabá/MT

Motocicletas respondem por 52% dos acidentes

Faltam recursos para a saúde, isso é afirmado diariamente. Evidente que se 50% dos acidentes são de responsabilidade das motos, não podemos debitar esse ônus a população como um todo. Fácil, criar um fundo destinado a pagar as despesas dos acidentados com moto, parece ser a solução. No ato da venda da moto seria recolhido pela empresa vendedora valor determinado que seria calculado considerando os custos que esse tipo de veiculo proporciona. Sempre Seria reajustado para mais ou para menos conforme o nível de despesas. Com certeza teriamos reduçã0 nas despesas com acidentes pois antes de vender uma moto as empresas treinariam seus clientes. Isso já é aplicado pela policia federal, cumprindo a lei, aos interessados em adquirir armas de fogo. Só compra quem passa por treinamento. Parece que aumentariam as vendas de motos pois deixariam de ser veículos de alto risco.

ACIR CARLOS OCHOVE, Cuiabá/MT

ochove@terra.com.br

A ideologia está “morta”?

Excelente artigo. Os que deveriam ser nossos representantes na realidade nunca nos representaram. Estão abrigados em partidos políticos apenas para benefício próprio, apenas porque é necessário ter um partido para poder concorrer a eleição. Desconhecem totalmente se o partido defende algum ideal. Afinal, ideologia para que?

MARIA DA PAZ, Cuiabá/MT

mariadapaz.maria@gmail.com

Emanuel tem apoio de 10 partidos

Estou amando a administração do Emanuel/Niuan, votei e voto de novo.

BETH MACHADO, Cuiabá/MT

"Pacote" de ajustes de Mauro economizará R$ 900 milhões

em 4 anos em MT

O estado deveria fazer uma revisão salarial do poder público junto ao privado e abrir concurso com salário condizente com a realidade ... Se não estiver bom pede pra sair recebe os abonos e direitos e depois vão trabalhar na iniciativa privada.

LUCIANO ALENCAR, Cuiabá/MT

Três cidades de MT entre as mais violentas

O governo fala que investiu muito em segurança. Até pode ser verdade, mas não está sendo suficiente. A bandidagem prolifera nas cidades de Mato Grosso.

LUCAS SANTOS, Cuiabá/MT

Ex-deputado de MT "curte" 3 dias em Nova York

O problema não é viajar, desde que seja para dar ao dinheiro gasto com a viajem o destino pretendido, ou seja, adquirir conhecimentos para aplicar em projetos de melhoria aqui no Brasil. O problema é fazer festas, passeios com familiares e esbanjar luxo com nosso dinheiro nessas viagens.

EDSON CARLOS, Cuiabá/MT



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:03 BOA DISSONANTE
19:02 Calçadão na 13 de junho
19:01 MP da Liberdade Econômica
19:01 Trilhos, as condições estratégicas para MT
19:01 VAR e os lances polêmicos


19:00 Os riscos do protecionismo
19:00 Risco Amazônico
18:59
18:52 Teatro Móvel estaciona na Orla do Porto para inspirar crianças a trabalhar com ciência e tecnologia
18:52 Se correr, se ficar. É o bicho!
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018