Quarta feira, 21 de agosto de 2019 Edição nº 15264 18/07/2019  










Anterior | Índice | Próxima

MPE apura doação à PM de placa para escutas

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem

Após depoimento em juízo de três militares envolvidos no esquema que ficou conhecido com “Grampolândia Pantaneira”, o procurador-geral de Mato Grosso, José Antônio Borges Pereira emitiu um despacho avulso interno visando apurar as denúncias relacionadas à destinação da placa de computador da marca “Wytron”, utilizada para realização de escutas telefônicas.

Durante reinterrogatório realizado nesta terça e quarta-feira (16 e 16) junto a 11ª Vara Militar de Cuiabá, o cabo da Polícia Militar Gerson Correa, e os coronéis Zaqueu Barbosa e Evandro Lesco, afirmaram que o sistema foi doada pelo promotor Paulo Prado para fazer as escutas clandestinas.

O procurador-geral ainda determinou a juntada ao procedimento gerado a partir do despacho da cópia integral do SIMP (Sistema Integrado do Ministério Público) de nº 006070-001/2017, em que o Ministério Público presta informações ao Comando Geral da Polícia Militar referentes à destinação da placa “Wytron”, assim como das notícias veiculadas pelos meios de comunicação sobre o assunto.

Tomadas tais providências, o procurador José Antônio Borges Pereira ordena “a remessa do procedimento gerado à Corregedoria-geral do Ministério Público para conhecimento e providências julgadas pertinentes, com cópia integral ao Núcleo de Ações de Competência Originária – NACO Criminal”.

Vale lembrar, entretanto, que todas as informações reveladas pelos militares em audiência na Vara Militar já tinham sido repassadas ao Ministério Público anteriormente, em tentativa de fechar acordo de delação premiada.

O pedido dos três integrantes da Polícia Militar foi negado pelo Naco sob a alegação de que eles não haviam apresentado nenhum fato novo.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:03 BOA DISSONANTE
19:02 Calçadão na 13 de junho
19:01 MP da Liberdade Econômica
19:01 Trilhos, as condições estratégicas para MT
19:01 VAR e os lances polêmicos


19:00 Os riscos do protecionismo
19:00 Risco Amazônico
18:59
18:52 Teatro Móvel estaciona na Orla do Porto para inspirar crianças a trabalhar com ciência e tecnologia
18:52 Se correr, se ficar. É o bicho!
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018