Sexta feira, 13 de dezembro de 2019 Edição nº 15262 16/07/2019  










MANDADO DE PRISÃOAnterior | Índice | Próxima

Suspeito de roubar fazenda é preso em Poconé

Da Reportagem

A Polícia Civil (PC) cumpriu mandado de prisão contra Giovanny Fernandes de Arruda, 41 anos, conhecido por “Barriga”, acusado de roubar uma fazenda, na zona rural de Poconé (134 quilômetros, ao Sul de Cuiabá). O suspeito foi preso no sábado (13), em uma chácara, na localidade de Capão Grande, em Várzea Grande.

De acordo com informações da PC, o crime ocorreu em novembro de 2018, quando quatro homens armados e encapuzados invadiram a propriedade, no Distrito de Chumbo, em Poconé, e mediante grave ameaça roubaram 4 armas de fogo, sendo dois revólveres, uma espingarda e uma pistola adaptada para calibre 22, além de celulares e outros objetos da fazenda.

A proprietária do local contou que teve uma arma colocada em sua cabeça e forçada a entregar as armas que estavam na propriedade. Na ocasião dos fatos, os policiais prenderam Jocimar José da Silva, por receptar a pistola adaptada e outros produtos, mas logo ele ficou em liberdade, segundo informações da assessoria de imprensa da PC.

No decorrer das investigações foram identificados como autores, Giovanny Fernandes de Arruda, conhecido como ‘Coroa’, Jean Carlos Gonçalves Neto, e dois menores. “As investigações apontam que Giovanny de Arruda foi o mentor do assalto. Todos estão indiciados por roubo majorado, sendo os menores responsabilizados em ato infracional”, frisou a PC.

FORAGIDO - Um homem foragido da Justiça do Estado de Rondônia foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, na tarde de sábado (13.07), durante ação solidária de cidadania, realizada no Distrito do Sucuri, em Cuiabá. O suspeito, Marcondes Geraldo Magalhães, foi identificado durante atendimento de registro de boletim de ocorrência, realizado pelos policiais no mutirão. Em checagem, os policiais confirmaram que ele tinha mandado de prisão da 2ª Vara Criminal da Comarca de Vilhena, no Estado de Rondônia.

A ordem de prisão estava em aberta desde o dia 9 de maio de 2018. Ele foi condenado a pena de mais de 9 anos de prisão em regime fechado, pelo crime de homicídio qualificado. Os policiais da Polícia Comunitária acionaram a Gerência Estadual de Polinter, que se fez presente no evento, e conduziu o preso a unidade, para formalidade de cumprimento do mandado de prisão. Posteriormente, foi apresentado em audiência de custódia e segue recolhido em unidade prisional, à disposição da Justiça de Rondônia.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:07 MEC libera que cursos presenciais com conceitos mais baixos expandam carga horária à distância
17:07 STF prevê julgar no ano que vem permissão a candidatura avulsa
17:06 Conflitos e retrocessos marcam presença do Brasil na COP-25
17:05 14 – sábado Desigualdade e evasão escolar
17:05 BOA DISSONANTE


17:04 Doador de amor
17:03 Lei do retorno
17:03 Nossos demônios…
17:02 O Auditor Interno e o combate à corrupção
17:00 Na COP 25, MT defende tolerância zero ao desmatamento
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018