Terça feira, 17 de setembro de 2019 Edição nº 15261 13/07/2019  










LEITORAnterior | Índice | Próxima

Botelho avisa que não será candidato em 2020

Que bom. Ele foi eleito para ser deputado e deve continuar assim. Deve terminar o seu mandato e cumprir seu compromisso com as pessoas que o elegeram.

JOSÉ FRANÇA, Cuiabá/MT



Edivaldo Ribeiro é o rei do rádio em Mato Grosso

Bela reportagem a respeito de um dos mais completos profissionais de mídia do país. No rádio, minha mídia preferida, Edivaldo é imbatível. Tenho orgulho em tê-lo como Amigo.

EDUARDO DE LAMONICA FREIRE, professor, Cuiabá/MT

eduardodelamonica@hotmail.com



Índios cobram estrutura e educação

Esse Raoni de bobo não tem nada. Eta indinho esperto!

LAURA LANCIA, Cuiabá/MT



MPE manda Estado vetar aumento para servidores

Parece um circo armado e os palhaços do circo somos nós, servidores públicos. Esse governo além de autoritário e não gostar de servidor público é totalmente contraditório. Não pode conceder os 5,50% de correção da tabela salarial da Sema, que vai servir na verdade para amenizar um pouco as perdas inflacionárias acumuladas desde o ano passado, mas, pode contratar 50 analistas ambientais (puxa sacos de políticos que sustentam o atual governo) para aprovar os projetos de regularização ambientais dos proprietários rurais, base de apoio do atual governo. Ou seja, agem na surdina, enganando e surrupiando direitos dos servidores, e ao mesmo tempo, priorizando segmentos econômicos de privilegiados para aprovar seus projetos e gerando empregos para os seus cabos eleitorais. Chega de apanhar, vamos aprender a votar colegas servidores, e vamos tirar a bunda da cadeira e lutar pelos nossos direitos, antes que acabem com todos eles.

PAULO M. MAIA, servidor publico, Cuiabá/MT



Cresce número de pecuaristas que adotam semi confinamento em MT

O semiconfinamento, traduzido como levar o concentrado ao coxo e deixar o animal consumir capim a vontade vem se revelando como ótima opção para encurtar o tempo de abate. Já se conseguiu cerca de 15 a 18 meses de vida, do nascimento ao abate. Alguns casos até menos. A otimização se deu mediante inseminação do angus em fêmeas nelore. A dificuldade encontrada por grande quantidade de produtores, principalmente os menores é a impossibilidade de conseguir a inseminação. Falta mão de obra acessivel aos produtores. Pesquisador argentino afirmou há cerca de 20 anos "quando os brasileiros descobrirem o cruzamento do angus com a femea nelore, vão dobrar sua produção com os mesmos recursos". Acertou em cheio. A área de inseminação artificial é uma ótima oportunidade, que o mercado oferece, a quem esteja buscando trabalho.

PAULO OTELO, Cuiabá/MT



MT bate recorde em número de queimadas

Mato Grosso esta em chamas, graças ao governo Bolsonaro que não está nem ai para a questão ambiental.

MAURO MEDEIROS, Cuiabá/MT



Emanuel quer apoio do DEM

Eu voto em Emanuel. Ele nunca atrasou nosso salario, pagou RGA. Mauro Mendes, Deus me livre e guarde: não paga salario, paga picadinho, não da nada pro funcionalismo.

AIRTON SANTIAGO JUNIOR, Cuiabá/MT



Cuiabá tem alto índice de infestação do Aedes aegypti

Adoto uma metodologia exatamente ao contrário do que se orienta para o combate aos mosquitos proliferadores dessas doenças. Eu não coloco areia em bandejas de vasos de plantas ou qualquer vasilha que possa acumular água, mas, simplesmente e constantemente, verifico se há larvas de mosquitos desenvolvendo-se nesse(s) ambiente(s) e, ocorrendo, coloco nessa água, hipoclorito ou água sanitária, que tem o poder de matá-los. Ou seja, se você eliminar esses possíveis criadouros próximos de sua casa, à sua vista, esses insetos irão por suas ovas em ambientes semelhantes, só que, longes de suas vistas. Para combater ratos ou baratas, você os perseguem com um "chinelo", ou coloca uma ratoeira ou armadilha adequada a cada "praga"? Fica aí a sugestão para análise. Ah! E para comparação.

JOÃO GALDINO DE MEDEIROS, Economista, Cuiabá/MT

jgaldinomedeiros@hotmail.com



Patrimônio dos políticos

A pergunta que não quer calar: Com tanta crise no Brasil, nestes últimos anos, como que esses políticos aumentam o seu patrimônio?

WILSON BARBOSA, aposentado, Cuiabá/MT

wilson.a.barbosa.wb@gmail.com



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:02 BOA DISSONANTE
18:01 Taques se preocupa com contas na AL
18:00 o Senado Federal e a ditadura do STF
18:00 Deputado é cidadão! Até que ponto?
17:59 O secretário e a arena


17:57
17:57 Resistência à CPMF
17:56 A história secreta de uma indústria pop
17:56 Com novo livro, Pondé diz que modernidade é como adolescente que julga mãe
17:55 O nome dela é Gal
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018