Sábado, 21 de setembro de 2019 Edição nº 15261 13/07/2019  










Anterior | Índice | Próxima



Selma x Mauro

Ontem, em Cuiabá, Selma Arruda (PSL) afirmou que não apoia a inclusão de estados e municípios na PEC da Reforma da Previdência. A medida é defendida por Mauro Mendes (DEM). A senadora e o governador não se toleram.

Articulação

Na Câmara, os dois entes foram excluídos da PEC. MM torce para que MT seja incluído no texto que vai tramitar no Senado. Se depender de Selma, o governador pode tirar o cavalo da chuva. Jayme Campos (DEM) e Wellington Fagundes (PL) estão calados.

Meu garoto

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) nega que o filho Emanuel Neto (PTB), o Emanuelzinho, seja pré-candidato a prefeito de Várzea Grande. EP assegura que o rebento está “focado” no mandato de deputado federal.

Blindagem

O “lançamento” do nome de Emanuelzinho como opção para disputar a sucessão da prefeita Lucimar Campos (DEM) não agradou “coronéis” da política de VG. EP, no entanto, já providenciou para blindar o dileto filho contra as bordoadas.

Preconceito

Na Casa dos Horrores, vulgo Câmara de Cuiabá, Toninho de Souza (PSD) é o líder do movimento que visa a anular decreto do Palácio Alencastro, que garante o direito do uso do nome social aos integrantes do movimento LGBT.

Pérola

Ele conseguiu o apoio de 17 dos 25 colegas, mas a votação do requerimento foi adiada. Toninho nega que seja homofóbico. E soltou esta pérola: “Cada um dá o que quer e o que tem pra dar. Não sou contra isso. O corpo é livre”.

Sobra da Copa

Ex-secretário de Cidades, na gestão passada, Wilson Santos (PSDB) é alvo do TCE: o órgão apontou indícios de irregularidades na concorrência pública para a duplicação da MT-444 (Mário Andreazza). É mais uma obra da Copa 2014.

Números estranhos

A obra, de R$ 21,2 milhões, começou em 2011, mas foi entregue com um ano de atraso, em novembro de 2015. No fim das contas, custou R$ 26,2 milhões, porém inacabada. A decisão é do conselheiro Guilherme Maluf, tucano como WS.

Ilha suspeita

A propósito, quando era secretário, WS anunciou gastos de R$ 4 milhões para a demolição da Ilha da Banana, ao lado do Morro da Luz, no contexto das obras do VLT. O curioso é que parte do local ainda está de pé, abrigando morador de rua.

Não há vaga

“Engraçada essa conversa. Nem vaga tem. (...) É criar expectativa sobre coisa que não existe”. Do deputado Eduardo Botelho (DEM), em entrevista ao site MidiaNews, sobre se cogitaria de tentar uma vaga de conselheiro do TCE-MT.

...............

MT e a suprema honraria

Na semana que vem, o ministro Dias Toffoli será homenageado com o título de Cidadão Mato-grossense, por iniciativa do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho. Na carona do Legislativo, o governador Mauro Mendes resolveu admitir o chefe da Suprema Corte no quadro ordinário da Ordem do Mérito de Mato Grosso, no grau de grã-cruz. A medalha é a mais alta honraria concedida pelo Governo do Estado.

...............

Bolso cheio

A Casa dos Horrores, na Capital, está prestes a entrar em recesso. O curioso é que, mesmo em férias e com o Legislativo fechado, os vereadores vão receber, além do salário, a verba indenizatória de R$ 18,5 mil.

Sol e mar

Essa polêmica verba é destinada a custear gastos exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar. Durante o recesso, como mostram as redes sociais, esses políticos costumam se divertir com a família e amigos na praia.

Vice, nem pensar

O ex-prefeito Roberto França (PV) não assume a pré-candidatura ao Palácio Alencastro. Ele diz que não definiu nada ainda, só avalia o quadro. E observa que, se for para ser vice, prefere continuar como apresentador de TV.

Memória

Com RF na parada, a disputa em 2020 seria curiosa por reeditar um embate de 20 anos. Em 2000, EP disputou o Alencastro e ficou em último lugar, com sete mil votos. RF, com 137 mil votos, conquistou a reeleição.

Bola murcha

Não saiu do papel o projeto do Governo de lutar para fazer da Arena Pantanal uma das sedes da Copa do Mundo de Futebol Sub-17, de 26 de outubro a 17 de novembro. Os jogos serão em Goiás (dois estádios), Brasília e Espírito Santo.

Me engana

No mês passado, a Secretaria Adjunta de Esportes chegou a anunciar que o Governo do Estado estava em negociação com a Fifa para trazer os jogos. Só que a entidade já havia definido os locais da competição no ano passado.

Eu me amo

Na Câmara, na AL e no Governo, há uma farra de distribuição de comendas. O governador Mauro Mendes, aliás, assinou decreto concedendo a si mesmo a medalha de mérito Águia Uno, indicada pelo Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).





Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




15:30
15:29 Nietzsche ganha verniz pop em nova biografia, que o apresenta como misógino
15:29 Emicida retoma parceria com o duo Ibeyi na nova música Libre
15:28 Loucos de Amor volta aos palcos neste final de semana
15:28 Chico Cesar sai em busca de todas as forças


15:15 Entre vaias e aplausos a Bolsonaro, parlamentares são premiados e dançam funk
15:15 Ensino a distância triplica e presencial tem menos calouros em sete anos
15:14 Eduardo Bolsonaro destaca busto de barão do Rio Branco em comissão da Câmara
15:11 Gabinete do ódio tensiona Planalto
15:09 Marcha global pelo clima mobiliza ativistas em diversas cidades brasileiras
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018