Sexta feira, 23 de agosto de 2019 Edição nº 15227 25/05/2019  










MÚSICAAnterior | Índice | Próxima

Lucy Alves prepara disco mais autoral, dançante e com rifs eletrônicos

LEONARDO VOLPATO
Da Folhapress – São Paulo

A paraibana Lucy Alves, 33, não se cansa de se reinventar. Recentemente, a cantora multi-instrumentista lançou o single "Mexe, Mexe", uma balada romântica com um som mais sintetizado próximo ao pop eletrônico mais atual.

"Já tínhamos essa canção na mão há algum tempo e resolvemos mudar. Criamos um refrão forte. Manipulamos a música para exaltar os rifs eletrônicos. Fiquei feliz porque ficou único. Ficou Lucy", destaca a artista, que ajudou a compor a canção com parceiros.

Não bastasse isso tudo, Lucy colhe os frutos do clipe cheio de suingue dessa canção que acaba de ser lançado. "Estou muito feliz. Essa melodia mistura zabumba, violino. É meio inclassificável, mas é música, é arte. Eu apelidei de iê-iê-iê da Paraíba", diverte-se.

"É algo que eu trago de novo e que contagia. Como artista a gente tem essa missão bonita de trazer a novidade sem deixar de comungar com tudo o que vivi e apendi, minhas raízes", define Lucy, que diz ter como influências de Luiz Gonzaga (1912-1989) a Lady Gaga, Beyoncé e Alicia Keys.

Em breve, diz a cantora, os fãs vão acompanhar as novidades em sua carreira, sendo a principal delas a chegada de um novo disco, no qual todos poderão ver seu alento como multi-instrumentista. "Estou em uma fase muito bacana na minha carreira. Esse CD será especial porque estou gravando todos os instrumentos sozinha: v ocais, zabumba, violino, piano... É bem autoral e estou mostrando meu lado multi-instrumentista", conta ela.

Os planos de Lucy são de lançar as músicas do novo projeto até o início do segundo semestre. Isso para poder dar um gostinho do que vem por ai e para que o público nas apresentações já saiba cada letra de cor.

Desde o final de 2018 que Lucy resolveu dar uma mudada em sua carreira musical. A tradicional sanfona, instrumento que sempre fez parte das apresentações dela enquanto participante do programa The Voice Brasil, em 2013, continua, mas fica mais de lado.

O jeito tímido dá lugar a uma artista mais sensual e performática. O EP (disco de até seis músicas) intitulado "Santo Forte", lançado no ano passado, foi o responsável por marcar uma nova fase na trajetória da artista. "Vou estrear um show novo também e com certeza muitas performances poderão ser vistas", adianta a artista, que além de multi-instrumentista e cantora é atriz e apresentadora.

Lucy Alves estreou no comando do programa Só Toca Top ao lado de Wesley Safadão, na Globo. Na TV, viveu uma das protagonistas de "Velho Chico" (2015). " Vejo que as pessoas têm recebido bem [minhas músicas] e estão surpresas porque eu tenho mostrado algo diferente. Eu me jogo como artista e me reinvento. Isso me traz diversão."



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:43 Uma vela para Willian
17:42 RiseUp! Pocket
17:41 Fake news na internet
17:39 Lista da privatização
17:38 Dalila usa prisão injusta de Jamil no passado para acusá-lo de homicídio em Órfãos da Terra


17:38
17:37 Caio Blat afirma que Globo fará série de Grande Sertão: Veredas para 2020
17:36 Ex-gordo, Leandro Hassum estreia seu talk show fora da Globo
17:35 Presidente da Ancine diz que suspensão de edital foi convite ao diálogo
17:34 Lançado em momento oportuno, obra de Laurentino Gomes deixa de aprofundar certos fatos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018