Domingo, 18 de agosto de 2019 Edição nº 15223 21/05/2019  










ADMAR PORTUGALAnterior | Índice | Próxima

Professor

Quero aproveitar esse espeço que tenho para expressar o meu reconhecimento e admiração pelo profissional que a meu entender, é o mais importante da face da terra, o Professor. Eu tenho absoluta certeza em afirmar que o professor, seja o infantil ou o mesmo de doutorado é o profissional que deveria ser o mais respeitado e valorizado nos quatro cantos do universo. É uma pena que não o seja, principalmente nesse nosso país de tantas e tantas riquezas.

Um levantamento de Todos Pela Educação indica que a cada 100 jovens que ingressam nos ensinos de pedagogia e licenciatura no Brasil, apenas 51% concluem o curso. Entre os que chegam ao final do bacharelado, só 27% manifestam interesses em seguir carreira no magistério. As informações com base em dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e divulgadas por ocasião do Dia do Professor.

No Brasil é preciso melhorar as condições de trabalho do professor. A proximidade dos jovens com a profissão faz com que eles vejam de perto a realidade dos professores, que nem sempre é atrativa. A maioria dos professores da rede pública já sofreu algum tipo de agressão, diz pesquisa. É lastimável a falta de valorização desse profissional em um todo.

A falta de políticas que valorizem os profissionais da educação desmotiva os profissionais. É preciso mudar isso. O professor é o segundo pai de nossos filhos. É dentro de uma sala de aula em torno de vários outros alunos que a criança começa a receber as primeiras lições fora de casa. São colegas de várias religiões, cultura ou mesmo raça que vão conviver por vários dias sem a presença dos pais, responsáveis, ou mesmo parentes próximos como avós, tios e irmãos. O professor precisa, precisa não, deve ser valorizado e respeitado com seriedade e dignidade.

Fica aqui o meu mais sinceros votos de consideração e estima a tão importante profissional que realmente pode ajudar o Brasil a se tornar um país de primeiro mundo. O alicerce da vida começa dentro do lar e vai progredindo dentro de uma sala de aula através de uma pessoa altamente preparada para ensinar os b a bas da vida. O corte de recursos federais as instituições de ensino pelo Governo Federal vai denegrir a imagem do presidente em seu primeiro mandato, Jair Bolsonaro.



Admar silva de Portugal é repórter

E-mail asportugal@diariodecuiaba.com.br



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:03 Juiz prevê "prisão em massa" de membros do MPE
17:02 Os eternos donos do poder
17:02 Digital influencer
17:02 O STF e o combate ao crime organizado
17:01


17:01 Sinais de alerta na economia
17:00 Exposição em Paris transforma inteligência verde da floresta em arte
16:59 Gustavo Mioto planeja novo DVD no local de seu 1º show no Nordeste
16:59 Dupla sertaneja Diego e Victor Hugo tenta se firmar com músicas românticas
16:58 Número de discos vendidos por João Gilberto é nebuloso e trava processo milionário
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018