Domingo, 26 de maio de 2019 Edição nº 15206 25/04/2019  










#PC 27Anterior | Índice | Próxima

Operação prende homicidas e estupradores em MT

Da Reportagem

A Polícia Civil de Mato Grosso participa da operação nacional “#PC 27”, deflagrada ontem (24), nas 27 unidades federativas, com o objetivo de tirar de circulação foragidos que cometeram crimes graves como roubo, homicídio, estupro, crime organizado entre outros. A operação foi realizada em todos os 142 municípios mato-grossenses. Somente em Cuiabá, durante as primeiras horas do dia, foram cumpridos 17 mandados contra foragidos da Justiça.

Do total de mandados cumpridos na capital, 12 foram de prisão preventiva, quatro de prisão por sentença condenatória e 01 de prisão civil, sendo mobilizados para a ação 67 policiais civis e 18 viaturas. De acordo com a Polícia Civil de Mato Grosso, a ação foi desencadeada após as polícias de cada Estado e do DF realizarem levantamentos de inteligência para possibilitar o maior sucesso na operação. “A ação é coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC) e tem como objetivo o combate aos mais diversos delitos que assolam a sociedade brasileira, contribuindo para a diminuição da criminalidade”, reforçou.

O nome Operação #PC 27 é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis do país. Durante a ação, a Polícia Civil prendeu um homem com mandado em aberto por tentativa de feminicídio, em Colíder (630 quilômetros, ao Norte da capital). A ação faz parte da operação nacional. O suspeito, Márcio José Ferreira de Andrade, teve a ordem de prisão decretada com base em investigações da Delegacia de Colíder e foi localizado em uma chácara, na zona rural entre o município e Nova Santa Helena. A tentativa de homicídio aconteceu em março deste ano.

Conforme informações da Polícia Civil, após uma discussão, o suspeito desferiu vários golpes de faca em sua companheira e em seguida, fugiu. Com base nas investigações, a Polícia Civil representou pelo mandado de prisão preventiva contra o suspeito, o qual foi deferido pela Justiça.

De acordo com o delegado Ruy Guilherme Peral da Silva, Márcio já matou outra ex-companheira. “Foi instaurado inquérito, sendo representado pela prisão preventiva do suspeito para se garantir a ordem pública, em vista da reiteração criminosa, já ceifou a vida de outra companheira e aplicação da lei penal, uma vez que ele fugiu após o crime”, disse o delegado. Após ter a prisão cumprida, o suspeito foi encaminhado para a delegacia para prestar depoimento e, posteriormente, será levado para uma unidade prisional.

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:46 BOA DISSONANTE
19:45 Professores aprovam greve a partir de segunda
19:42 Educadores e a reforma da previdência
19:41 Vitória da sensatez
19:41 Um SIM à adoção


19:40 O Traidor concorre à Palma de Ouro com comentário político e retrato da máfia
19:40
19:39 Lucy Alves prepara disco mais autoral, dançante e com rifs eletrônicos
19:38 Jeza da Pedra prepara disco com crônicas musicais do Rio
19:37 Malcom terá noite sinfônica neste sábado
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018