Sábado, 20 de julho de 2019 Edição nº 15205 24/04/2019  










Anterior | Índice | Próxima

Estado proíbe servidores de acumular licenças-prêmios

Deveriam realizar um levantamento sobre os RH dos órgãos públicos. Os servidores ao solicitar a LP são discriminados. Estão negando licença prêmios por motivos absurdos. Ainda bem que agora será publicada diretamente, sem precisar dos recursos desumanos. Fica a dica: investiguem os servidores dos RH.

MARIO MAGALHÃES, Cuiabá/MT

***



Todo mundo quer licença premio. O problema é que a própria secretaria não libera e ai a solução é acumular.

VANIA MARIA ARRUDA, Cuiabá/MT



Lucro da Amaggi sobe 50% em 2018

Como é bom se beneficiar de algumas regalias que o Estado oferece.

ALEXANDRE MORAES, Sinop/MT

***



Ué mas e a crise? Só vejo notícias: bancos aumentam o lucro! Montadoras batem recorde de vendas! Você vai a qualquer mercado ou shopping a qualquer hora do dia e estão lotados! Bares e restaurantes lotados! Crise?

JUAREZ SAMPAIO, Cuiabá/MT



Proposta prevê cota zero para pesca amadora

É surpreendente o "conhecimento científico" dos conselheiros do CEPESCA, no que se refere à preocupação com o estoque pesqueiro de nossos rios, tanto que, por unanimidade, "decidiram" que a pesca amadora deverá ser proibida por 5 anos. Tempo esse definido com que critérios: velocidade anual de recuperação ictiológia; tempo de início de reprodução de cada "safra", multiplicada sobre si mesma, enfim, aplicada essa proibição, qual virá a ser a população ictiológica em nossos rios após esse período? Gostaria de perguntar à esses zelosos conselheiros: quantos de vocês já fizeram alguma pescaria na vida e, em tendo feito, quando foi a última? Pergunta válida como respaldo ao "conhecimento científico" com que foi embasada tal pesquisa. Plenamente válida, a intenção, mas daí aos resultados é uma distancia, posto que neste país nada funciona a não ser na "porrada" aos infratores, a partir de multas pesadas e, na reincidência "cacete" - prisão - mesmo! Senão, vejamos: O cidadão que, após uma árdua semana de trabalho, busca descontrair-se com uma pescaria, já não mais, durante 5... 5 anos, poder faze-la?! Refiro-me aos que a tem como lazer, tanto que, só em cerveja e gelo, gastam mais do que valeriam os peixes - quando dá sorte - pescados. A palavra para isso é "covardia". Há que se procurar aplicar as leis que já existem contra os predadores, que atuam à vontade nas "barbas" das autoridades, a ponto de vermos tais "vermes" pescando com tarrafas próximos às pontes aqui da cidade. Vocês nunca viram? Para a aplicação das leis temos que, primeiro classificar esses predadores. Comecemos pelos ditos pescadores profissionais, que pescam 365 dias por ano, quando não é bi-sexto, usando todos os tipos de armadilhas, tais como redes, tarrafas, espinhéis, pindas e, até mesmo, gancho. Durante a Piracema, então, é festa: não há concorrência dos amadores. Tais pescadores profissionais são, na sua grande maioria, proprietários de sítios às suas margens, sendo, inclusive esposa e filhos cadastrados como "pescadores" e, como tal, remunerados no período de defeso. Senhores conselheiros, algo semelhante fez/faz parte de suas pesquisas "científicas"? E os "tablados" que infestam as margens do rio Cuiabá, a partir de Sto. Antonio de Leverger? É uma indecência! Quem frequenta esses tablados são tão predadores quanto os profissionais, pois não respeitam, sequer, os tamanhos impostos em lei. Vão lá em busca de "mistura" e, quando dão sorte, vendem o excesso. Qual a disciplina/punição para os donos desses tablados, já que não zelam pelo cumprimento das leis? Nenhuma, claro! Esse estudo científico atentou para o maior dos predadores de nossos rios, principalmente os formadores do pantanal? Esse estudo mostra qual a população de jacarés que temos atualmente, após a proibição de sua caça? Mostra quantos quilos de peixe come um jacaré, por dia, multiplicado por essa população? Se fez, não mencionou. É passado da hora de se legislar a respeito do retorno da caça ao jacaré, pois em sentido contrário aos peixes, sua população precisa, urgentemente, ser reduzida. Para tanto, tal lei, deverá - após "estudo científico", claro - definir o período de abate e tamanho dos mesmos, criando uma estrutura técnica e legal para comercialização de suas peles e carne; coleta de ovos, os quais, acredito, possam ser de interesse dos criadores legalizados, da espécie, levando isso à uma renda extra aos "ribeirinhos" e, mesmo a quem se interessar. Decorrido o prazo que o estudo e a lei determinaram, a então população de "jacareística" será reavaliada para interrupção ou continuidade da medida. Então, senhores conselheiros, espero que deste comentário, apesar de recheado de ironias, possa tirar-se algum proveito, pois não vou ficar 5 anos sem pescar. Imaginaram onde eu e os que pensam e agem como eu - pesca de laser - que são milhares, seremos presos?

JOÃO GALDINO DE MEDEIROS, Economista, Cuiabá/MT

jgaldinomedeiros@hotmail.com



Governo avalia anistia aos produtores rurais

Conforme o economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos, medidas que podem causar perda de receita devem ser evitadas em momento de dificuldades nas contas públicas. Para o especialista, a eventual anistia às dívidas do Funrural iria na contramão do discurso da gestão de que buscaria dar fôlego às finanças do país. Concordo em gênero, numero e grau com o entendimento acima, pois, referidos valores já foram incluídos no custo de venda à época e cobrados de seus destinatários. Estes valores pertencem à sociedade e devem ser exigidos!

PEDRO TERUYA, aposentado, São Paulo/SP

pedroteruya@uol.com.br



Trabalhadores prometem ir às ruas em protesto contra a reforma

Sobre a PEC 06/2019 (Reforma da Previdência), ela vem justamente atender os interesses dos empresários brasileiros. Será o desmonte total da Previdência deste país! Nenhum trabalhador irá conseguir se aposentar, nem aquele da inciativa privada e nem do serviço público. O que esperar de um governo de extrema-direita submisso aos interesses americanos? Portanto, a classe trabalhadora brasileira terá que estar unida nesta luta, caso contrário, perderá o direito de se aposentar.

LEVI CUIABANO, Historiador, Cuiabá/MT

levicuiabanohs@hotmail.com



Após 4 anos, 13 obras não foram concluídas

Não sei se faz parte deste pacote, mas a ponte do Coophema até agora nada. Até quando teremos que conviver com esta situação? Outra obra recentemente inaugurada com problemas no asfalto é o Viaduto do Tijucal. Mais uma, o viaduto de acesso a Rodovia Palmiro Paes de Barros vai ficar daquele jeito? Outra, estrada do Moinho trecho Viaduto Tijucal/Rio Coxipó, já refeito varias vezes e com problemas na base e sub base. Caso não tenha uma compactação bem feita é fazer e refazer. De repente estou falando besteira e este ser o real objetivo. Espero que não. Enfim, sabemos que algumas, são de difícil solução, principalmente na parte jurídica, mas a ponte do Coophema, não é tão complexo. A desculpa era chuva e agora? Seca, Copa? Trata-se de uma via, que se tornou umas das principais para os bairros do Coxipó e o município de Santo Antonio. Portanto, como eleitor, sugiro uma rápida e apesar de tardia, ação. "Antes que as chuvas retornem e levem não só a ponte.

MARIO MARCIO DA COSTA E SILVA, eng.civil, Cuiabá/MT

mariomarcio1959@bol.com.br



Licença de Botelho

Na minha humilde opinião isso é uma jogada política, para que o tal Vereador assumisse a 3ª suplência com todos os privilégios inclusos. A política é suja, parabéns aos representantes do povo que lutam pelos seus próprios interesses.

CARLOS AGUIAR, Cuiabá/MT

***



Tem defeitos que nem o dinheiro resolve.

MARCELO GERTRINER, Cuiabá/MT



Ministro anuncia R$ 48 milhões para novo pronto-socorro

Vichi, mais um dinheiro para sumir na saúde de Cuiabá.

CARLA PACHECO, Cuiabá/MT



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:08 MT Prev arrecada R$ 1,3 bilhão a menos que o necessário para pagar aposentados
18:07 Eleição para prefeito em Cuiabá divide tucanos
18:07 Governo conclui pagamento da folha de junho
18:06 Jovem agride ex-companheira em delegacia e é preso
18:05 Preso rapaz que estuprou e matou criança de 8 anos


18:04 Exame identifica segunda ossada de mulher desaparecida
18:04 Irmãos são assassinados e levados para UPA que acaba fechada
18:03 Coronel confessa grampo a pedido de Pedro Taques
18:01 Erros de advogados iniciantes
18:00 Capital humano
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018