Segunda feira, 22 de julho de 2019 Edição nº 15204 23/04/2019  










PEDRO ANTÔNIO BERNARDIAnterior | Índice | Próxima

Sociedade e políticas públicas

O cidadão politizado e conhecedor de seus deveres e direitos cuida melhor de si, da saúde, do semelhante e da natureza. Os entes superiores, letrados e iletrados, graduados e subalternos, sem distinção de credo, raça, cor, sexo, idade, linguagem, costumes, ideais nascem e se desenvolvem como seres humanos por meio da razão e inteligência, sabedoria, ciência, conselhos, fortaleza, espiritualidade e piedade, amor e fidelidade ao Criador de todos e de tudo.

Páscoa ensina caminhar junto e de mãos dadas na direção do bem, do zelo público, do conhecimento, da fraternidade, do diálogo, da liberdade, do afeto e da festa da Ressurreição do Deus Filho. Queremos o Brasil unido, igual, democrático e próspero. É possível já e a um só tempo. Para isso se materializar, são necessários:

Primeiro: Fixar em, no máximo, vinte vezes entre o maior e menor salário pago aos trabalhadores, aposentados, pensionistas e outros, tanto da iniciativa privada quanto da esfera pública, governantes, políticos, privilegiados. Exemplo: Valor do salário mínimo R$ 1.040,00, valor do maior salário R$ 20.800,00. Importante fundamentar que, na maior parte dos países desenvolvidos do mundo inteiro a diferença entre o menor e maior salário é de nove vezes.

Segundo: Oferecer oportunidade às crianças e jovens para estudarem, praticarem atividades lúdicas e culturais, pesquisarem e se divertirem, a custo zero, sobretudo para famílias necessitadas.

Terceiro: Pautar horários e espaços em todos os meios de comunicação social para planejamento familiar, educação sexual, cidadania e cultura do respeito pessoal, comunitário, social e universal.

Quarto: Ensejar a cultura do diálogo, da discussão produtiva, da compreensão e do entretenimento entre as pessoas, o que ajudará substancialmente evitar a sobrecarga de julgamentos nos tribunais e instâncias da justiça.

Quinto: Arrancar dos 8.516.000 quilômetros quadrados de superfície as sementes e as pragas resistentes da corrupção, enganação, maldades, desperdícios, balões de ensaio, jeitinhos que enriquecem o já rico e empobrece mais ainda aqueles que pouco ou quase nada tem.

Sexto: Reduzir drasticamente, pelo menos 50%, o número de senadores, deputados federais e estaduais, vereadores e burocratas.

Pois bem, Governo e Estado soberano são o povo em ação. Os processos históricos de mudança iniciam-se na família, escola, sociedade, organizações, instituições, empresas e igreja unidas. Fraternidade e justiça, direitos e deveres, políticas públicas e igualdade social, moral e ética, são esferas muito próximas. Nesse particular, enquanto não começarmos a mudar, a educação, a saúde e todas as dimensões e realidades que dignificam o ser humano estão derrotadas.

Porém, um homem, não muito alto, fisicamente perfeito, sempre disponível, corajoso, capaz de responder a todas as perguntas que lhe fossem feitas, é o único rei que a terra conheceu a receber coroa de espinhos por ter feito o bem. Simpático e bastante enérgico para repreender os falsos doutores, esse jovem de 33 anos, foi o primeiro e o último a começar nova era na História.

Que a vitória do Ressuscitado plante no íntimo de nossos corações, alma e mente mais amor, novas esperanças, conversão e gratidão.



* PEDRO ANTÔNIO BERNARDI é economista, jornalista e professor

pedro.professor@gmail.com



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:08 MT Prev arrecada R$ 1,3 bilhão a menos que o necessário para pagar aposentados
18:07 Eleição para prefeito em Cuiabá divide tucanos
18:07 Governo conclui pagamento da folha de junho
18:06 Jovem agride ex-companheira em delegacia e é preso
18:05 Preso rapaz que estuprou e matou criança de 8 anos


18:04 Exame identifica segunda ossada de mulher desaparecida
18:04 Irmãos são assassinados e levados para UPA que acaba fechada
18:03 Coronel confessa grampo a pedido de Pedro Taques
18:01 Erros de advogados iniciantes
18:00 Capital humano
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018