Sábado, 17 de agosto de 2019 Edição nº 15204 23/04/2019  










VAGNER LOVEAnterior | Índice | Próxima

Gol do título veio de atacante que só marcou uma vez

Da Folhapress – São Paulo

Na relação entre Corinthians e o atacante Vagner Love, não adianta ter pressa. Ele era o sonho da diretoria em 2005 e chegou a posar com a camisa do clube, mas só a vestiu dez anos depois.

Quando finalmente foi contratado, também demorou a engrenar e se tornar uma peça importante na conquista do Campeonato Brasileiro de 2015.

No Campeonato Paulista de 2019, o atacante também não teve pressa. Foi só aos 44 minutos do segundo tempo da última partida da competição que fez seu primeiro gol. O tento que definiu a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo e o título estadual.

"Privilegiado. Papai do céu me abençoou", disse o atleta de 34 anos, que começou a decisão no banco de reservas e entrou, aos 21 minutos da etapa final, com um palpite. "Estava sentindo isso. Consegui fazer o gol do título."

Foi a segunda taça erguida por Love com a camisa do Corinthians. Ele deixou o clube depois de triunfar no Brasileiro de 2015. Naquele título, despontou no segundo turno e terminou o torneio como artilheiro do time, com 14 gols .

Vagner Love passou três temporadas longe e retornou a pedido de Fábio Carille, que apostou em seu futebol. O Corinthians aceitou um contrato de dois anos, que vai até o fim de 2020, quanto o atacante terá 36 anos.

No retorno, o jogador encontrou uma atribuição diferente. Não seria mais o centroavante, mas um atacante que sairia de uma das pontas para entrar na área.

O grau de sucesso foi variado nas partidas em que adotou esse posicionamento, motivo pelo qual não conseguiu se firmar na equipe titular.

No momento mais importante, porém, funcionou a ideia, e o camisa 9 apareceu na cara do gol para castigar o rival São Paulo.

"Quando voltei ao Corinthians, falei que era justamente para isso, ganhar mais títulos. Vim para isso, e hoje [domingo] fomos muito, muito felizes. Espero que as conquistas não parem por aqui", afirmou após garantir o seu segundo título com a camisa alvinegra.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:03 Juiz prevê "prisão em massa" de membros do MPE
17:02 Os eternos donos do poder
17:02 Digital influencer
17:02 O STF e o combate ao crime organizado
17:01


17:01 Sinais de alerta na economia
17:00 Exposição em Paris transforma inteligência verde da floresta em arte
16:59 Gustavo Mioto planeja novo DVD no local de seu 1º show no Nordeste
16:59 Dupla sertaneja Diego e Victor Hugo tenta se firmar com músicas românticas
16:58 Número de discos vendidos por João Gilberto é nebuloso e trava processo milionário
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018