Domingo, 24 de março de 2019 Edição nº 15163 19/02/2019  










CONFUSÃOAnterior | Índice | Próxima

TJD prepara denúncia e indica punições ao Fluminense

LÉO BURLÁ
Da Uol/Folhapress – Rio

A confusão que marcou a decisão entre Fluminense e Vasco ainda vai render dor de cabeça nos tribunais, especialmente aos tricolores.

André Valentim, procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), afirmou que já está aprontando uma denúncia (classificada por ele como "salgada"). Ele não quis entrar em detalhes sobre quais artigos serão adotados, mas deixou evidente que o presidente Pedro Abad e o Fluminense podem esperar por medidas pesadas.

"O Pedro Abad chamou a torcida para guerra, isso foi sanguinário. A denúncia será em cima de quem deu asa a essa confusão", afirmou o procurador.

Se deixou claro que o dirigente tricolor será implicado na denúncia, o procurador-geral isentou o presidente vascaíno Alexandre Campello de qualquer responsabilidade:

"O Campello teve uma postura perfeita, protegeu os torcedores dele".

A confusão na decisão teve origem na ocupação do Setor Sul do Maracanã. Por contrato, o Tricolor tem a prerrogativa de ocupar este espaço. Mandante do clássico, o Vasco alega que a concessionária Maracanã S.A autorizou a comercialização desta faixa do estádio para os cruz-maltinos.

Com o impasse, a Justiça determinou que a partida fosse realizada com portões fechados. A torcida do Vasco que foi ao Maracanã, contudo, forçou a entrada no estádio. Posteriormente, um desembargador de plantão liberou as arquibancadas para os torcedores.

Em campo, Fluminense e Vasco sustentaram um empate sem gols até os últimos minutos. Mas uma falta cobrada por Danilo Barcelos terminou no gol e no título cruzmaltino.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:52 Múltiplas tragédias, uma causa!
17:42 Deputado de MT cobra urgência na análise do FEX
17:41 Wilson Santos e Ricardo Saad disputam comando do PSDB
17:41 Botelho acredita que pedido de empréstimo do governo passará na AL
17:41 Mauro acerta com bancada federal destino de recursos


17:13 Cuiabá rumo aos 300 anos
17:12 Não se pode negar a diferença
17:12 Twitter e imprensa
17:11 Temer na cadeia
17:09
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018