Quarta feira, 20 de fevereiro de 2019 Edição nº 15159 13/02/2019  










RESULTADOAnterior | Índice | Próxima

Conmebol pune com derrota na Libertadores o Barcelona (EQU)

Da Uol/Folhapress – São Paulo

O Tribunal Disciplinar da Conmebol anunciou a punição do Barcelona (EQU) pela escalação irregular do volante Sebastián Perez na Copa Libertadores da América 2019.

O jogador esteve em campo na vitória fora de casa dos equatorianos por 2 a 1 sobre o Defensor (URU), em 6 de fevereiro. Coube justamente ao clube uruguaio apresentar uma queixa junto à Conmebol em decorrência da escalação do atleta. O atleta teria sido inscrito na competição fora do prazo.

Confira o comunicado da Conmebol:

O Tribunal Disciplinar da Conmebol decide:

1. Aceitar o protesto apresentado pelo Defensor Sporting Club na data 7 de fevereiro de 2019, em relação à escalação irregular do jogador Sebastian Perez Cardona, do Barcelona Sporting Club, na partida disputada em 6 de fevereiro de 2019, entre as equipes Defensor Sporting Club e Barcelona Sporting Club, correspondente à fase 2 (jogo de ida) da Conmebol Libertadores 2019.

2. Declarar como perdedor o Barcelona Sporting Clube do jogo disputado no dia 6 de fevereiro de 2019, entre as equipes Defensor Sporting Club e Barcelona Sporting Club, correspondente à partida de ida da fase 2 da Conmebol Libertadores 2019; e, em consequência

3. Determinar o resultado de 3 a 0 a favor do Defensor Sporting Clube, conforme artigo 19.1 do Regulamento Disciplinar da Conmebol

4. Comunicar ao Defensor Sporting Club, ao Barcelona Sporting Club e à direção de competições de clubes da Conmebol

Contra esta decisão, cabe recurso ante à Câmara de Apelações da Conmebol no prazo de sete dias corridos, a partir do dia seguinte à notificação dos fundamentos da decisão, conforme artigo 63.3 do Regulamento Disciplinar da Conmebol. Dito recurso será sem efeito suspensivo.

O recurso deverá cumprir com as formalidades exigidas nos artigos 59 e seguintes do Regulamento Disciplinar da Conmebol. Conforme o artigo 63.5 do Regulamento Disciplinar da Conmebol, a taxa de apelação de US$ 1 mil será abonada mediante transferência bancária.

Eduardo Gross Brown, presidente

Amarilis Belisario, vice-presidente

Cristóbal Valdes, membro



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




23:33 Lava Jato dribla Gilmar Mendes
23:32 Bolsonaro gravou vídeo e fala em 'saída honrosa'
23:31 Presidente da CNI é preso pela PF
23:30 Bolsonaro assina pacote anticrime de Moro
23:28


23:25 Marta vai se dedicar mais à família
23:24 Everton desfalca por duas semanas
23:24 Meia-atacante Ricardo Goulart mostra versatilidade
23:23 Em tratamento, Jadson desfalca Corinthians
23:22 Piores de SP apostaram em veteranos e se deram mal
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018