Sexta feira, 19 de abril de 2019 Edição nº 15157 09/02/2019  










TRAGÉDIAAnterior | Índice | Próxima

Jogador cuiabano escapa de incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo

Da Reportagem

Jogador natural de Cuiabá conseguiu sair ileso do incêndio ocorrido na madrugada desta ultima sexta-feira (8), no alojamento Ninho do Urubu onde funciona o Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, no Rio de Janeiro. A tragédia deixou 10 mortos e três feridos. Kenedi Lucas, 14 anos, está há sete meses no clube da Gavea.

A família dele reside no bairro Praeirinho, na capital, onde o jovem começou a carreira. Na hora do incêndio, Kenedi, que é lateral esquerdo, ouviu estrondos e acordou. Nisso, viu as chamas e conseguiu correr. Responsável pela formação do garoto em Cuiabá, o professor Delrik Brunne, conversou por telefone com ele logo após o ocorrido.

"Ele relatou que está bem. Essa foi nossa maior preocupação. Ele também contou que estava dormindo quando no período das 5 horas da manhã ouviu um estrondo no quarto em que estava alojado e acordou. Ele, então, viu as chamas e foi atrás de socorro para os amigos de quarto", disse o professor em entrevista à Tevê Vila Real de Cuiabá. Kenedi não sofreu ferimentos.

De acordo com informações da imprensa nacional, o fogo atingiu a ala mais velha do CT, que servia de alojamento para as categorias de base e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. As vítimas estavam dormindo no momento, o que teria contribuído para a tragédia. Os bombeiros foram acionados às 5h17 e os feridos foram levados para o hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

As causas do incêndio serão investigadas. O Ninho do Urubu fica localizado no bairro de Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e é utilizado para treinamentos do elenco profissional e das categorias de base. O local passou por reformas recentemente, com a inauguração de um novo módulo para os profissionais em novembro de 2018.

Era previsto, inclusive, que a ala atingida pelo incêndio fosse demolida após a inauguração do novo espaço. "Ele é um material (construção do alojamento) de certa forma de maior combustão do que alvenaria normal, mas é uma forma de construção bastante utilizada, nada fora do normal", informou ao site UOL, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros.

Ídolo do Flamengo, Arthur Antunes Coimbra, o Zico, lamentou o incêndio no Centro de Treinamento Ninho do Urubu e pediu apuração. “Que tragédia essa com a base do Flamengo! Que choque receber essa notícia aqui, do outro lado do mundo”, afirmou Zico, que atualmente trabalha no Japão. Usando sua conta no Facebook, o ex-jogador desejou “que Deus conforte os familiares que perderam seus filhos, netos, irmãos, sobrinhos, enfim parentes”.

Grandes clubes brasileiros também se solidarizaram com a tragédia no CT do Flamengo e mandaram condolências ao rival carioca. Entre eles, o Fluminense, Botafogo, Palmeiras, São Paulo e o Corinthians.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:14 A reforma da Previdência
20:13 Benefícios fiscais: concessão e requisitos
20:11 Quadro de instabilidade
20:10
20:06 Miss Brasil pode não ser realizado em 2020 por falta de acordo entre Polishop e Band


20:06 Segunda temporada da série de comédia "Samantha!", com Emanuelle Araújo, chega hoje à Netflix
20:05 Maisa estreia talk show inspirada em Hebe
20:05 Programa Mais Você estreia nova competição culinária com amadores copiando chefs famosos
20:04 Tributo ao Rei: Nando Reis lança disco que recupera músicas menos conhecidas de Roberto Carlos
20:03 Ministro chama de mordaça censura a sites
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018