Quarta feira, 19 de junho de 2019 Edição nº 15139 16/01/2019  










Anterior | Índice | Próxima

Antes da estreia, 'BBB 19' tem desclassificado sem explicações

Da Folhapress – São Paulo

A Globo estreou na última terça (15) a 19ª temporada do "Big Brother Brasil". Sob o comando de Tiago Leifert pelo terceiro ano, o reality show contará com 17 participantes disputando o prêmio de R$ 1,5 milhão.

O 18º "brother" apresentado pela Globo, o lutador Fábio Alano, 27, foi desclassificado três dias depois, no sábado (12), após a emissora descobrir uma violação do regulamento do programa.

Segundo o publicou em sua conta no Instagram, o eliminado escreveu que o motivo foi um contrato de patrocínio que ele teria com uma marca. Os participantes são proibidos de manter vínculo com empresas durante a atração.

A convite da Globo, este repórter passou duas horas na casa do "BBB" com outros 18 jornalistas e influenciadores digitais para conhecer (quase todos) os detalhes do imóvel. A principal inspiração para os tons metálicos da decoração da casa foi o músico Michael Jackson, cuja morte completa dez anos em junho.

Os itens da cozinha se dividem entre dourado, prata e cor-de-rosa. Ali, um painel mostrará o saldo em "estalecas" (moeda do BBB) de cada participante e a somatória total da casa. Eles vão receber uma "semanada" individual para fazer suas compras. Os itens podem ser divididos, a escolha é do jogador.

Na sala, um sofá verde com almofadas de paetê douradas e pretas divide espaço com uma luminária preta em forma de cabeça de cavalo. O ambiente inclui ainda uma das novidades da edição: uma estante com bustos dos participantes. Eles ficam em nichos com iluminação de LED cuja cor indica a situação do "brother" retratado. Quem for eliminado, ganha uma luz roxa.

Há quatro quartos na casa. Um deles pode ser um cômodo secreto, como aquele em que a campeã do "BBB 18", a acriana Gleici Damasceno, passou alguns dias durante uma eliminação falsa. Pode ainda ser o quarto branco usado no "BBB 9", diz o diretor do programa, J.B. de Oliveira, o Boninho. Jornalistas não tiveram acesso ao cômodo e nem ao quarto do líder.

Outra mudança está nos espelhos, que ganharam formatos irregulares para evitar que os participantes consigam identificar a posição da câmera por trás deles.

Leifert conta que ajudou nas seletivas dos integrantes, que passaram por 12 cidades. Pela primeira vez, a lista incluiu São Luís, Ribeirão Preto (SP) e Rio Branco. "A gente nunca sabe antes de começar como será a química dos participantes. Gosto de pessoas que jogam com mais inteligência", afirma o apresentador.

Para votar nas eliminações, é preciso fazer um cadastro, gratuito, no site da Globo. O número de votos é ilimitado. Após o resultado do paredão, às terças, a Globo exibe entrevistas com o eliminado da vez.

Haverá boletins às segundas, quartas e sextas, às 13h, nos perfis do reality no Facebook, no Twitter e no Instagram



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




05:54 Arcanjo pede liberdade condicional
05:54 BOA DISSONANTE
05:53 Qual o valor de uma flor de soja?
05:52 O saneamento pelo mundo
05:52 Missão Salesiana de MT faz 125 anos


05:51 Frustração com o relatório
05:48
05:47 Game of Thrones e Vingadores: Ultimato são favoritos ao MTV Movie & TV Awards
05:46 Burle Marx dá ares tropicais ao Jardim Botânico de NY
05:45 Betty Milan discute a memória em romance sobre a imigração
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018