Quinta feira, 21 de março de 2019 Edição nº 15136 11/01/2019  










INFRAESTRUTURAAnterior | Índice | Próxima

Obras na MT-010 e na Orla apresentam erosão

Processo erosivo embaixo da ponte na MT-010 aproxima-se da pista, o que coloca em risco a estrutura da rodovia

DINALTE MIRANDA/DC
Erosão atinge uma das laterais da ponte sobre o Córrego Ribeirão do Lipa e que faz parte da duplicação da Rodovia Helder Cândia (MT-010)
JOANICE DE DEUS
Da Reportagem

Localizadas em pontos diferentes de Cuiabá, duas obras de infraestrutura e de mobilidade urbana de responsabilidade do Governo do Estado apresentam problemas erosivos. Uma delas atinge uma das laterais da ponte sobre o Córrego Ribeirão do Lipa e que faz parte da duplicação da Rodovia Helder Cândia (MT-010), mais conhecida como Estrada da Guia. Outro deslocamento, ainda que pequeno, fica às margens do Córrego Mané Pinto, na jusante com o Rio Cuiabá.

A erosão embaixo da ponte aproxima-se da pista, o que coloca em risco a estrutura da rodovia, consequentemente, a segurança viária. Por lá, o fluxo de veículos tem sido intenso com a liberação do trânsito desde a inauguração da trincheira "Engenheiro Roberto Flávio Abbott de Castro Pinto" construída na rotatória de acesso ao Distrito da Guia e a Chapada dos Guimarães (MT-251), em dezembro do ano passado pelo ex-governador Pedro Taques.

No local, às margens do córrego foram colocados muros de gabião para evitar que a força das águas possa causar processo erosivo. Contudo, na margem esquerda da cabeceira da estrutura, sentido Cuiabá-Distrito da Guia, houve um desmoronamento de talude da pista.

Anteontem, uma equipe da Secretaria de Proteção e Defesa Civil do Estado esteve no local e verificou a necessidade de uma ação emergencial referente a sinalização para informar sobre o problema, bem como a necessidade de execução imediata de obras de contenção do desmoronamento.

A ponte faz parte das obras do complexo da trincheira e duplicação de um trecho de 4,8 quilômetros da MT-010. Neste caso, os trabalhos ainda não foram entregues pelo Estado. Conforme a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), os serviços no canteiro seguem em andamento, porém com ritmo mais lento devido ao período chuvoso, que se estende até março em Mato Grosso.

Atualmente, conforme a Sinfra, seguem as obras para colocação de gaiolas de gabião (tipo de estrutura armada, flexível, drenante e de grande durabilidade e resistência) e posteriormente será feito o encabeçamento da ponte. "Devido ao período chuvoso, serão realizados serviços emergenciais de reparo justamente para barrar a erosão causada pelas chuvas".

Com isso, a conclusão ficará para o segundo semestre deste ano. “Até o momento já foram executados 70% dos serviços previstos em contrato”, informou. O investimento é da ordem de R$ 34 milhões, oriundos do programa Pró-Turismo, gerido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). A empresa Lotufo Engenharia e Construções está à frente do empreendimento.

Já no Córrego Mané Pinto, o processo erosivo fica do lado direito do córrego (sentido Ponte Velha/Miguel Sutil) Mané Pinto, na Orla do Porto. Por lá, uma pequena parte da contenção da estrutura das laterais do córrego já se encontra danificada. Aparentemente insignificativo, o problema pode avançar com aumento do volume do rio devido às chuvas.

A obra fez parte do pacote de intervenções de mobilidade e infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014. Além da recuperação da contenção das laterais do córrego, os serviços também abrangeram um trecho de três quilômetros do “Mané Pinto” e da Avenida 8 de Abril.

Porém, boa parte da revitalização das margens do canal d’água já desmoronou. A época, a obra foi orçada em aproximadamente R$ 20 milhões, os trabalhos são tocados pela Engeglobal Construções.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:49 Coronel preso é figura-chave em campanhas de Temer
17:49 Moreira Franco ajudou a pensar em formato de propina
17:49 O que pesa contra o ex-presidente Temer
17:48 Prisão foi para evitar destruição de provas
17:48 PT espera que prisão não seja baseada apenas por especulações


17:48 Ex-presidente é preso pela Lava Jato
17:45 Corinthians garante mando em decisão das quartas
17:45 Gustagol é preservado para as quartas
17:45 Ferrari tenta entender estreia ruim na F-1
17:44 Clubes pagam viagens de conselheiros com atletas
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018