Quinta feira, 20 de junho de 2019 Edição nº 15136 11/01/2019  










CRÉDITO RURALAnterior | Índice | Próxima

Sicredi aplica R$ 1,42 bi nos quatro primeiros meses da safra

Da Reportagem

Produtores rurais que atuam nas atividades agrícola e pecuária demandaram R$ 1,42 bilhão em crédito junto às cooperativas do Sicredi na região Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, nos primeiros quatro meses do ano-safra 2018/2019 (julho a outubro). O montante é 34,6% maior que o contratado no mesmo período da safra anterior, quando foi liberado R$ 1,05 bilhão. O crescimento é mais uma prova da confiança dos associados na instituição financeira cooperativa, que trabalha para ser um importante apoio aos produtores rurais no desenvolvimento de suas atividades.

O valor liberado no período corresponde a 45% do orçamento previsto pelo Sicredi para a região, que é de R$ 3,12 bilhões no Plano Safra 2018/2019. Os recursos foram contratados por pequenos, médios e grandes produtores, e direcionados para custeio, investimento e comercialização da produção, conforme a necessidade de cada propriedade. Ao todo foram 5.943 operações, expansão de 24,4% sobre as 4.776 da temporada anterior, no mesmo período. Em todo o país, as cooperativas do Sistema Sicredi emprestaram R$ 8,2 bilhões em crédito rural de julho a outubro, 22% a mais que no mesmo intervalo da safra 2017/2018.

Estratificando os dados, o crédito para o custeio foi o mais solicitado e somou R$ 1,04 bilhão, o que equivale a 73,4% do total contratado nesses quatro meses. Na comparação com o ano anterior, quando foram emprestados aos produtores R$ 820,612 milhões, o incremento é de 27,6%. Já os recursos contratados para investir na propriedade tiveram crescimento de 57,1%, demonstrando o otimismo dos produtores com a atividade. Para esta finalidade, as cooperativas do Sicredi liberaram R$ 340,05 milhões, ante os R$ 216,37 milhões na safra 2017/2018. Para comercialização foram financiados R$ 39,70 milhões, salto de 75,7% em relação aos R$ 22,59 milhões em igual intervalo da safra passada.

"Tivemos crescimento na concessão de crédito para todas as finalidades. Isso demonstra que os produtores estão confiantes na atividade e buscam o Sicredi para financiar a sua produção. Nossa expectativa é que todo o orçamento deste ano seja liberado, assim como ocorreu em anos anteriores, e possamos contribuir para proporcionar mais qualidade de vida aos nossos associados. Ao melhorar a produção deles temos como consequência a geração de renda e de empregos nas propriedades rurais e em outros setores da economia regional", pontua o presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof.

Um dos produtores rurais associados do Sicredi que contratou crédito nesta safra é Bruno Aloísio Hubner, 60, de Sorriso. Com lavouras de soja, milho e girassol, ele conta que usou os recursos para a compra de fertilizantes e de uma máquina agrícola.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




09:12 Mauro não atende reivindicações e espera fim da greve
09:12 BOA DISSONANTE
09:11 Pinguelas
09:11 MT Ciências inicia novo formato
09:10 Nasce um escritor nacional


09:09 Bolsonaro e as demissões
09:09 Bonde derruba governador
09:08 Campanha de rapper brasileiro ganha prêmio principal no Festival de Cannes
09:08
09:06 Pauline Kael, a polêmica crítica de cinema, era multifacetada e vibrante
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018