Quinta feira, 13 de dezembro de 2018 Edição nº 15115 07/12/2018  










NOVO GOVERNOAnterior | Índice | Próxima

Mendes anuncia cinco secretários

Quatro já trabalharam com Mendes na prefeitura; Casa Civil ficará com o empresário Mauro Carvalho

DINALTE MIRANDA/DC
O governador eleito Mauro Mendes anunciou ontem os primeiros cinco secretários que formarão seu staff
KAMILA ARRUDA
Da Reportagem

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) está começando a dar forma em seu futuro governo, ontem anunciou o nome dos primeiros cinco secretários que integrarão seu staff a partir do ano que vem. Dentre os cinco nomes escolhidos, quatro atuaram com o democrata na Prefeitura de Cuiabá.

Para a Educação, o democrata optou por manter Marioneide Angélica Kliemaschewsk no comando da secretaria. A servidora atuou como secretaria de Educação em Cuiabá durante a gestão de Mendes, e em abril deste ano, assumiu a pasta estadual em substituição a Marco Marrafon, que deixou o primeiro escalão de Mato Grosso para disputar as eleições deste ano.

Já a Secretaria de Saúde será gerida pelo vereador Gilberto Figueiredo (PSB). O socialista ficou a frente da Secretaria de Educação da Capital praticamente durante todo o mandato de Mendes como prefeito, vindo a se desincompatibilizar da pasta seis meses antes da eleição para vereador.

A pasta da infraestrutura ficará sob a responsabilidade do engenheiro Marcelo de Oliveira, o Marcelo Padeiro, que assim como Maioneide e Gilberto também atuou na Prefeitura de Cuiabá junto ao governador eleito.

O delegado da Polícia Federal Alexandre Bustamante, por sua vez, irá assumir a Secretaria de Segurança do Estado. Ele atou no comando desta pasta na gestão do ex-governador Silval Barbosa (MDB), e na Prefeitura de Cuiabá chegou a ser o diretor da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) durante a gestão de Mendes.

Já a Casa Civil, pasta mais cobiçada pelos aliados do governador eleito, será comandada por Mauro Carvalho. O empresário sempre atuou nas campanhas do governador eleito, mas nunca havia assumido um cargo público. No meio político é considerado o amigo mais próximo do governador eleito. E, com Gilberto Figueiredo e o advogado Pascoal Santullo, forma a trinca de confiança pessoal de Mauro Mendes.

Vale lembrar que, com a reforma administrativa que Mendes pretende promover no Governo já no início do ano que vem, a Casa Civil se tornará a pasta mais poderosa do Executivo.

Isso porque, o Gabinete de Assuntos Estratégicos será incorporado à Casa Civil, assim como o gabinete de Comunicação, gabinete de Governo, Articulação e Desenvolvimento Regional, de forma semelhante à estrutura criada por Mendes, em 2012, quando assumiu a prefeitura de Cuiabá.

De acordo com o governador eleito, a definição se baseou em critérios que atendem ao interesse público, como a capacidade técnica, conhecimento setorial e também o perfil proativo.

"Esses nomes possuem conhecimento, confiança, capacidade de gestão, entendem do setor e acima de tudo eles têm a vontade de trabalhar para nos ajudar a enfrentar os enormes desafios da próxima gestão", ressaltou.

Além disso, ele afirma que a escolha também foi alicerçada nos trabalhos feitos pela Comissão de Transmissão, que estão sendo apresentados a Mauro nesta semana.

"As informações que fui recebendo da Comissão de Transmissão me ajudaram a compreender os desafios e planejar os objetivos para Mato Grosso em cada secretaria", citou.

Dentre as secretarias com os secretários já escolhidos, a de Educação e a da Infraestrutura terão acompanhamento mais próximo do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT). É ele quem supervisionará os trabalhos desenvolvidos pelos secretários Marioneide Angélica Kliemaschewsk (Educação) e Marcelo Padeiro (Infraestrutura).

Outra curiosidade é com relação a permanência de outro secretário da gestão do governador Pedro Taques (PSDB). Além de Marioneide, Mendes deve ser mantido Rogério Gallo a frente da Secretaria de Fazenda.

Já Pascoal Santullo, que estava cotado para assumir a pasta, deverá ficar com a Secretaria de Planejamento e Gestão.

Os demais componentes do primeiro escalão estadual devem ser anunciados por Mauro Mendes já na próxima semana.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:03 Mutirão Limpa Nome termina nesta sexta-feira em Cuiabá
17:03 Plano do novo governo não deve sair em 2019
17:02 Especialistas dão dicas que podem ajudar a voltar ao mercado
17:02 Caixa Econômica libera abono à 1,8 milhão de trabalhadores
17:01 Por Black Friday, consumidor posterga compras, e varejo recua


17:00 Exportações estaduais já superam total de 2017
18:34 Finais serão disputadas na Arena
18:34 Cruzeiro perde disputa com o Galo
18:30 Flamengo acerta e técnico Abel Braga retorna ao clube
18:29 Flu faz exigências para liberação
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018