Quinta feira, 13 de dezembro de 2018 Edição nº 15115 07/12/2018  










TELEVISÃOAnterior | Índice | Próxima

Thais Melchior comemora sucesso no SBT

Atriz fala do contato com público em "As Aventuras de Poliana"

FABIANA SCHIAVON
Da Folhapress - São Paulo

A atriz carioca Thais Melchior, 27 anos, enfrentou um grande desafio ao assumir o papel de Luísa no meio da novela "As Aventuras de Poliana" (SBT). Passada a sua estreia, há dois meses, a artista já comemora o sucesso da trama -que promove o otimismo e a energia positiva do público infantojuvenil com a sua história.

A novela escrita por Íris Abravanel, mulher de Silvio Santos, é hoje a maior audiência da emissora. Com a atriz Milena Toscano, 34 anos, prestes a ter o seu primeiro filho, Thais a substituiu como Luísa, tia da protagonista Poliana (Sophia Valverde).

Parte dos fãs não gostaram da troca das atrizes, e Thais chegou a receber ameaças pela internet. "Tudo isso já passou, sim. Foi uma fase de adaptação do público, um estranhamento compreensível", afirma a artista.

A direção do SBT já sabia que teria de enfrentar a mudança de atrizes logo no início das gravações. Na época, a autora Íris Abravanel afirmou que a emissora ainda estava avaliando a situação. Em setembro, eles anunciaram a mudança. "Já houve casos em que uma atriz passou a novela toda gravando cenas dos ombros para cima, mas achei arriscado ter a Milena trabalhando grávida", afirmou Íris.

Antes da novela no SBT, Thais passou por "Malhação" (Globo, em 2011), protagonizou "Vitória" (2014) e "Terra Prometida" (2017), ambas da Record. "Tenho tido um retorno bem bacana. O público é diferente das outras novelas que fiz, mas semelhante ao que eu tive quando trabalhei em "Malhação". Naquela época, ainda não tinha tido esse "boom" tecnológico. Hoje em dia, a comunicação é muito mais fácil e rápida."

Thais afirma ainda que o mais interessante é como a história de uma menina que vê o lado positivo de tudo sensibiliza o público. A novela "As Aventuras de Poliana" é inspirada no livro "Pollyanna", clássico da literatura escrito em 1913 pela romancista americana Eleanor H. Porter (1868-1920).

"Fico impressionada de ver como os fãs são fiéis à novela. Eu gosto dessa interação, de saber o que estão achando e comentando. Sabe o mais legal? É que conseguimos atingir o coração de muita gente. Receber o carinho dos fãs da Tia Luísa é maravilhoso!" E todo esse aprendizado ela leva também para a vida pessoal. "Cada vez mais, tenho incluído o jogo do contente na minha vida."

A personagem Luísa começou a trama como a tia má, que não dava a devida atenção a Poliana, menina que perdeu os pais muito criança. A atriz Thais Melchior assumiu uma fase de transição e mudança de personalidade do papel. E conta que algumas cenas marcaram seu trabalho na trama infantojuvenil.

"O sumiço da Poliana foi bem marcante para mim. Ali ficou claro que a Luísa não consegue mais imaginar a vida dela sem a sobrinha. Isso firmou mais uma transição importante para a personagem", afirma ela.

Na trama, Poliana decidiu fugir de casa após marcar um almoço para alegrar a tia e ser criticada por ela. A menina foi atrás do tio Durval (Marat Descartes). "A Luísa continua nesse processo de levar a vida de uma forma um pouco mais leve. A Poliana contribui bastante para que isso aconteça, em diversas situações. Muitas coisas estão por vir! O que posso adiantar é que ela vai permitir a abertura de novos caminhos", conta Thais.

VILÃO - Otávio Martins, 48 anos, é ator de cinema, teatro e de TV, e passou por novelas como "Amor Eterno Amor" (Globo, 2012) e por séries como "Psi" (HBO, 2013). Na trama infantojuvenil "As Aventuras de Poliana" (SBT), ele é o vilão Roger, que, com sua graça, conquistou crianças e adultos.

"Ele é o grande vilão da novela, mas não mata ninguém a tesouradas porque é aquele vilão da vida cotidiana, mais próximo da realidade das pessoas. Um cara mesquinho, ambicioso e que se acha o máximo, principalmente. Mas ele pode ser um vizinho ou síndico chato que já conhecemos", diverte-se Otávio Martins.

A maneira escolhida por Martins para criar o personagem é o segredo da empatia com o público. "Eu conduzo Roger como um adulto mimado que alcançou o poder e, por isso, ele se acha melhor do que os outros. Adora aparecer em fotos, dar entrevistas e mente descaradamente", explica o ator.

Outro ponto de sucesso é o jeito infantil e imaturo de Roger para lidar com a vida. "Quando ele é contrariado, ele faz um grunhido e uma cara de mau humor. Todos os dias recebo fotos de crianças imitando o Roger."

INTERNET - A boa audiência de "As Aventuras de Poliana" (SBT) no Ibope reflete em muita interação na internet. A novela é a maior audiência da emissora.

Na última terça-feira, marcou 12,7 pontos de média, com picos de 14 pontos (cada ponto equivale a 71.855 domicílios na Grande SP).

Para ter uma ideia, o "Programa Silvio Santos", do dono da casa, tem média de 11 pontos. Otávio Martins, o Roger, diverte-se. "Como sou o vilão e a Lisandra Cortez também é, as crianças inventam brincadeiras com nossos personagens. Fazem o ranking do "ranço".



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:34 Finais serão disputadas na Arena
18:34 Cruzeiro perde disputa com o Galo
18:30 Flamengo acerta e técnico Abel Braga retorna ao clube
18:29 Flu faz exigências para liberação
18:28 Bota recusa proposta do Atlético-MG


18:28 Goiás tenta Sidão e Edimar, contestados no São Paulo
18:28 Mixto conquista vaga para Copa do Brasil
18:27 Tricolor quer Victor Ferraz e Willian Arão
18:27 Incansável, jogou quase 100 partidas até o bimundial
18:13 Eduardo Botelho estuda cortar mais gastos da Assembleia
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018