Domingo, 17 de fevereiro de 2019 Edição nº 15102 14/11/2018  










Anterior | Índice | Próxima

Servidores públicos vão voltar a trabalhar 8 horas por dia

Da Reportagem

A carga de trabalho dos servidores públicos do Estado de Mato Grosso voltará a ser de oito horas diárias a partir de 2019. A mudança foi anunciada pelo governador eleito Mauro Mendes (DEM) nesta terça-feira (13).

Atualmente, o funcionalismo público de Mato Grosso cumpre uma carga horária de seis horas diárias. A medida foi implementada pelo governador Pedro Taques no ano de 2016, sob a justificativa de trazer economia nas despesas do Estado, a exemplo dos custos com energia elétrica.

No entanto, levantamentos feitos pela equipe de transição de Mendes mostraram que a carga menor não trouxe economia significativa aos cofres públicos.

Para o governador eleito, a reedição da carga de oito horas trará maior produtividade e eficiência nos serviços prestados pelo Estado ao cidadão, inclusive no que tange ao aumento da arrecadação.

"Nesse momento de crise, precisamos mover esforços conjuntos para que os cortes que iremos promover em secretarias e cargos não comprometam a qualidade dos nossos serviços. Teremos que otimizar e a carga horária de oito horas é imprescindível para que isso aconteça", relatou.

A jornada reduzida entrou em vigência no dia 26 de setembro de 2016, gerando economia de R$ 31 milhões aos cofres públicos nos primeiros 6 meses.

Conforme a atual administração a maior economia foi com material de consumo, como artigos de papelaria, materiais de almoxarifado, e copos descartáveis, que apresentou no período uma redução de 14%. Gastos com energia elétrica também apresentaram redução.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:41 Grupo reavalia licitações do Estado
17:38 Mesmo sendo réu, Maluf se mantém na disputa por vaga de conselheiro
17:38 TJ valida rito da AL para escolha de conselheiro
17:37 Mauro Mendes pede a general Mourão apoio para destravar Ferrogrão e BR-163
17:13 PM fecha boca de fumo na Lixeira


17:12 Homem é preso com mais de R$ 7 mil em arame
17:12 Pecuarista é assassinado em Rondonópolis
17:12 Três são presos por "salve" em suspeito de tentativa de estupro
16:57 Estratégia de Bolsonaro é isolar Bebianno caso ele force sua permanência no cargo
16:57 Bolsonaro está abusando na desordem de início de mandato, diz FHC
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018