Quinta feira, 22 de novembro de 2018 Edição nº 15084 18/10/2018  










LEITORAnterior | Índice | Próxima

Poderes rejeitam reduzir duodécimo

Governador eleito, não vá fraquejar neste primeiro momento, pois se o senhor não se impor agora, acabou! Eles agiram da mesma forma com o Pedro Taques e o Marrafon, que cederam. Deu no que deu.

LUCIANO SARTRE, Cuiabá/MT

***



Agora quero ver sua "fala grossa" em relação a dar R$ 500 milhões pra ALMT cuidar de um quarteirão. Quero ver o Senhor falar fininho com os deputados, que vão é te botar no bolso.

HUMBERTO FREITAS, Cuiabá/MT

***



Os poderes legislativo e judiciário não contribuímos com nada mesmo, nem com o serviço ao cidadão, ganham vem sem trabalhar. Nunca vi projetos bons serem aprovados e no judiciário processos demorados sem agilidade e rapidez. Ganham bem pra isso.

JOSEMAR DA COSTA, Cuiabá/MT

***



É Mauro, agora você será a vidraça e vai sentir exatamente tudo que Pedro sente.

PAULO SANTOS, Cuiabá/MT



O pessoal nababesco do Judiciário, como sempre, quer mais. Estão certo. Lutam por seus direitos. Já o povo, que não tem ninguém para defendê-los, que se exploda. E viva o Brasil.

PAULO AMBRÓSIO, aposentado, Cuiabá/MT



Ausência de Marrafon

Bem feito pois fez pouco caso de todos outros candidatos do PPS ficando com todo fundo partidário. Vai ter um esvaziamento em massa do PPS pois esse cara não serve pra presidente

ALEXANDRE PERLATO, Cuiabá/MT



‘Às escondidas’, umbanda cresce em Mato Grosso

Sou de Sorriso-Mt, e uma apaixonada pela Umbanda. Pena que não exista nenhum templo aqui, o preconceito é grande mesmo. Mas o bem sempre foi perseguido por onde passa. Gostaria de frequentar um templo.

DENYELE CRISTINA CAVALACANTE BERGAMASCHI, Auxiliar Administrativo, Sorriso/MT

denyele.cristina@gmail.com



Os filhos de Paulo Freire

Vejo com desconfiança toda essa teoria pedagógica centrada no tal do 'amor' à vocação de professor e ao tal do 'oprimido', uma vez que realmente é de marxismo que se fala em toda a obra do inatingível papa pedagógico brasileiro. Em todo país moderno há um equilíbrio entre ciências exatas e ciências humanas, entre estudos linguísticos, leituras e discursos e o conhecimento matemático, de forma a dar o máximo de informação aos estudantes, para que assim que cada potencialidade seja realmente direcionada ao próprio estudante e à futura profissão, que desponta ao se estimular a potencialidade a se descobrir. Aqui, infelizmente, os cursos de exatas são frequentados por estudantes em menor número do que os de humanas, sendo que na formação final é gritante a diminuição no número de formandos dos primeiros em relação aos últimos, um desequilíbrio que se refrete na mediocridade do cidadão médio, seja como analfabeto funcional, digital e matemático. Se faz necessário também que uma verdade seja dita, com essa nossa elite burra e omissa, presa ao discurso do 'farinha pouca meu pirão primeiro', dificilmente a classe média e as mais classes mais baixas irão se sentir motivadas a aprender a 'apreender' conhecimentos que sejam relevantes para poder tirar o país do mesmerismo.

FLÁVIO BENEDITO DE SOUZA, Funcionário Público, Cuiabá/MT

flaviosouzab@hotmail.com



Patrimônio dos políticos

A pergunta que não quer calar: Com tanta crise no Brasil, nestes últimos anos, como que esses políticos aumentam o seu patrimônio?

WILSON BARBOSA, aposentado, Cuiabá/MT

wilson.a.barbosa.wb@gmail.com



Cuiabá tem alto índice de infestação do Aedes aegypti

Adoto uma metodologia exatamente ao contrário do que se orienta para o combate aos mosquitos proliferadores dessas doenças. Eu não coloco areia em bandejas de vasos de plantas ou qualquer vasilha que possa acumular água, mas, simplesmente e constantemente, verifico se há larvas de mosquitos desenvolvendo-se nesse(s) ambiente(s) e, ocorrendo, coloco nessa água, hipoclorito ou água sanitária, que tem o poder de matá-los. Ou seja, se você eliminar esses possíveis criadouros próximos de sua casa, à sua vista, esses insetos irão por suas ovas em ambientes semelhantes, só que, longes de suas vistas. Para combater ratos ou baratas, você os perseguem com um "chinelo", ou coloca uma ratoeira ou armadilha adequada a cada "praga"? Fica aí a sugestão para análise. Ah! E para comparação.

JOÃO GALDINO DE MEDEIROS, Economista, Cuiabá/MT

jgaldinomedeiros@hotmail.com



Exportações superam, em agosto, todo 2017

Parabéns para o pessoal do agronegócio. Todavia, chegou a hora de dar sua contribuição para o Estado. Gente que vendeu uma chacrinha no sul do país comprou muita terra em Mato Grosso e hoje são grandes produtores e estão ricos merecidamente. Chegou a hora dessa nobre gente contribuir com o Estado, que se encontra em situação falimentar. Proponho que o Congresso crie um imposto de 15% sobre o valor do grãos exportados, que gira em torno de 60 bilhões de reais. Mato Grosso e seus municípios alcançariam uma receita adicional de 9 bilhões de reais, dinheiro que daria para solucionar os problemas da educação, saude, segurança, transporte, saneamento, etc. Vocês sabem quanto de imposto paga o produtor rural argentino na exportação de soja e trigo? 30% (trinta por cento) e mesmo assim, a Argentina é o maior exportador de grãos do mundo. Então, seria razoável que nossos exportadores de cereais in natura, pagassem, pelo menos, metade do que pagam os argentinos.

MANOEL SATURNINO CUNHA FILHO, historiador, Cuiabá/MT

manoelcunhafilho@hotmail.com



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:52 Schumacher citou Senna como ídolo em entrevista
17:51 Fla e São Paulo citam interesses
17:51 Equipes de Cuiabá vencem o evento
17:51 Jogadoraproveita brechas e se firma como titular
17:50 São Paulo busca a vitória contra o Vasco


17:49 2.000 inscrições em apenas uma hora
17:48 Bolsonaro quer cerimônia curta e ato religioso inédito no dia da posse
17:48 Moro quer asfixiar crime organizado
17:47 Assessor de Viviane Senna será o ministro
17:47 Michelle quer atuar em todos os projetos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018