Quarta feira, 14 de novembro de 2018 Edição nº 15083 17/10/2018  










BOA FASEAnterior | Índice | Próxima

Palmeiras entra em ritmo de campeão

RAFAELA CARDOSO
Da Folhapress – São Paulo

O ritmo do Palmeiras neste returno de Campeonato Brasileiro está a todo vapor. Em dez apresentações do alviverde até o momento, foram oito vitórias e dois empates, ou seja, o time de Felipão conquistou 26 dos 30 pontos disputados no período.

Segundo dados do site Infobola, o Verdão tem, atualmente, 68% de chances de título. Já o site Chance de Gol acredita em mais: 74% de chances de o Brasileirão ser vencido pelo alviverde.

A curiosidade é que o Palmeiras, nestes dez jogos de returno, tem os mesmos números do Corinthians, atual campeão brasileiro, nos dez primeiros duelos do primeiro turno da competição do ano passado. Na época, o alvinegro terminou a fase inicial do Nacional de forma invicta.

Tanto Palmeiras como Corinthians tiveram 87% de aproveitamento no período comparado. Além disso, o saldo de gols também é o mesmo. Enquanto o Palmeiras balançou a rede 16 vezes e sofreu apenas três gols nestes dez confrontos, o Corinthians havia marcado, na ocasião, 18 tentos e sofrido cinco.

O adversário do décimo jogo de ambos também foi o mesmo: o Grêmio. A vitória sobre o time gaúcho deu ao alviverde um gás a mais nesta reta final da competição.

De acordo com a opinião do próprio elenco, a ascensão se deve à qualidade do grupo, tanto na defesa, quanto no ataque, o que garantiu o time no topo da tabela de classificação.

"O que temos feito é manter os pés no chão e fazer aquilo que nos trouxe até aqui, brigando muito e marcando muito, tendo uma consistência ofensiva e defensiva. Nós precisamos manter isso", disse Moisés.

FELIPÃO

Apesar do momento especial que o Palmeiras vive no Brasileirão, no qual é o líder, e também na Libertadores, em que tem vaga na semifinal, o técnico Luiz Felipe Scolari admite que ainda precisa aprimorar a posse de bola do time quando está em vantagem.

"O que tem me agradado é que se coloca A, B ou C, o time reage normalmente ao que pensamos de parte tática. O que podemos melhorar, mais no trabalho de bola, o que fazemos nos treinos para ter evolução, principalmente quando estamos ganhando um jogo, é trabalhar mais a bola", falou o comandante.

O gaúcho acredita que pode fazer ajustes, mas sem alterações drásticas na forma de jogar. "Nós jogamos mais na vertical, não dá para mudar muito a característica. Mas queremos trabalhar mais essa bola", falou.

STJD

O Palmeiras só conseguiu efeito suspensivo para os laterais Mayke e Diogo Barbosa porque o relator do processo no STJD, José Nascimento, quis dar vista no caso dos atletas, segundo o técnico Luiz Felipe Scolari.

A princípio, os palmeirenses haviam sido punidos com dois jogos de gancho em razão da briga contra cruzeirenses, no Mineirão, pela Copa do Brasil. O atacante Sassá, do Cruzeiro, que deu um soco no rosto de Mayke, pegou seis jogos de suspensão.

No entanto, o técnico alviverde teme por uma suspensão maior de seus jogadores.

"Não fomos nós que solicitamos o efeito suspensivo aos nossos atletas. Foi o relator que não aceitou os dois jogos, solicitou vista de processo para que ele possa punir muito mais, que é o que ele quer, e nos permitiu o efeito suspensivo", disse.

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:02 Produtores não descartam protestos na Capital
18:01 Servidores públicos vão voltar a trabalhar 8 horas por dia
18:01 Sem RGA, servidores vão paralisar as atividades por 24 horas
18:01 Ex-secretário de Administração Geraldo de Vitto é condenado
18:01 Mauro Mendes pede corte aos Poderes


17:46 Nossa! Minha cidade sumiu
17:45 Neri Geller é`Preso por fraude no Ministério da Agricultura
17:45 BOA DISSONANTE
17:44 O recado foi dado
17:43
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018