Quarta feira, 17 de outubro de 2018 Edição nº 15064 19/09/2018  










SÃO PAULOAnterior | Índice | Próxima

Com elenco enxuto, Aguirre se desdobra com curingas

ALEXANDRE DE AQUINO
Da Folhapress – São Paulo

O técnico do São Paulo, Diego Aguirre, optou por um elenco enxuto e atualmente conta com 27 jogadores no profissional. A quantidade limitada de opções no grupo, aliada a lesões e suspensões, tem feito com que o comandante use a criatividade na escalação e modifique o time tricolor a cada rodada.

EMPATE

No domingo, no empate sem gols diante do Santos, na Vila Belmiro, por exemplo, o treinador escalou o zagueiro Arboleda na lateral direita. Bruno Peres, titular da posição, recupera-se de lesão e o seu reserva imediato, Régis, estava suspenso.

Com o equatoriano no setor, Reinaldo ganhou mais liberdade quando a equipe tinha a bola nos pés e, ao lado de Rojas, este pelo lado direito, tornou-se ala no esquema 3-5-2, com Everton e Diego Souza na frente.

A ideia, contudo, já teve de ser modificada na etapa final com a lesão de Everton. Liziero entrou para jogar no meio e Nenê foi fazer a função de Everton na ponta. O atleta capaz de exercer várias funções ganha a predileção do uruguaio.

IMPROVISAÇÕES

Tem sido uma prática corriqueira de Aguirre fazer improvisações no time, desde as saídas de Militão, Bruno, Júnior Tavares, Lucas Fernandes e Paulinho Boia.

Hudson, por exemplo, já teve de atuar de lateral direito, assim como Araruna. Na ponta esquerda, o lateral esquerdo Reinaldo é opção, assim como o meio-campista Liziero. Outro curinga é Bruno Peres. O camisa 15 também já foi volante e ponta direita. Há situações testadas no treino que nem sequer foram colocadas em prática. Edimar treinou como zagueiro.

Na luta pelo título brasileiro, Aguirre se vira como dá para se manter na disputa pela ponta.

DURO NA QUEDA

Embora não tenha apresentado um grande futebol na Vila Belmiro, o São Paulo conseguiu um importante resultado na briga pela taça do Brasileiro.

Historicamente, o São Paulo não costuma se dar bem no estádio santista. O placar mostra o quão difícil é bater o São Paulo, que tem apenas três derrotas neste Brasileiro. Todas elas aconteceram fora de casa (e duas delas por apenas um gol de diferença).

"Estamos bem e com confiança. O São Paulo está forte", declarou o técnico da equipe, Diego Aguirre.

Com a chegada do uruguaio no comando, os são-paulinos resgataram a confiança e passaram a brigar na parte de cima da tabela.

Além disso, o desempenho, por enquanto, tem sido superior em relação ao do ídolo Rogério Ceni e do antecessor Dorival Júnior.

Com Dorival no comando, a equipe somou 51,6% de aproveitamento. Ao todo, foram 40 jogos no comando do clube, com 17 vitórias, 11 empates e 12 derrotas. Já Ceni teve desempenho pior. Foram 37 jogos: 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas, aproveitamento de 49,5%.

Com Aguirre, os tricolores já fizeram 35 partidas, venceram 17, empataram 11 e perderam só sete: aproveitamento de 59%.

EVERTON

O meia-atacante Everton, do São Paulo, passou por exames e não teve constatada nenhuma lesão na coxa esquerda.

Após ser substituído contra o Santos, ainda na etapa inicial, com incômodo na perna, havia o temor de que o camisa 22 pudesse ter agravado o estiramento anterior sofrido justamente na perna que sentiu no domingo.

O desconforto foi em uma região 15 cm abaixo da lesão anterior na coxa esquerda. Trata-se de uma fibrose (cicatrização de lesão anterior) de 2015, quando ele ainda defendia o Flamengo.

Nos próximos dias ele vai intensificar a fisioterapia e sua presença da partida com o América-MG, no sábado, no estádio do Morumbi, às 16h, vai depender da evolução do quadro clínico.

Caso ele não possa jogar, Everton Felipe e Reinaldo são algumas das opções.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:31 Botelho pede para Taques manter Fethab 2
20:29 MP pede prisão do cabo Gerson
19:39 Poderes rejeitam reduzir duodécimo
19:39 BOA DISSONANTE
19:38 Chantagem política


19:38 Opção pela direita
19:38 18 de outubro é o Dia do Médico
19:37 Renovação no Congresso
19:37 De barganha
19:36 Livro revê vida e obra de intelectual
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018