Quarta feira, 23 de janeiro de 2019 Edição nº 15061 14/09/2018  










JUSTIÇA ELEITORALAnterior | Índice | Próxima

MPF dá parecer favorável a candidatura de Savi

Da Reportagem

O Ministério Público Federal (MPF), através da Procuradoria Regional Eleitoral, deu parecer favorável ao registro de candidatura do deputado estadual Mauro Savi (DEM), réu na ação penal derivada da Operação Bereré e que almeja a reeleição na Assembleia Legislativa.

Mauro Savi foi preso no dia 9 de maio, durante a segunda fase da operação, mas foi solto no dia 22 de agosto por decisão do Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

A operação apura um esquema de fraude, desvio e lavagem de dinheiro no Departamento Estadual de Trânsito (Detran), na ordem de R$ 30 milhões. O esquema operou de 2009 a 2015, segundo o Ministério Público Estadual (MPE).

Assim que foi solto, a Executiva do Democratas em Mato Grosso aprovou o envio do pedido de candidatura do deputado à Justiça Eleitoral.

No parecer, a procuradora Cristina Nascimento de Melo afirmou que Savi encontra-se elegível para disputar a reeleição.

“O Ministério Público Federal, por intermédio da Procuradoria Regional Eleitoral, após a devida análise do pedido de registro de candidatura em epígrafe e constatada a sua regularidade, com a presença das condições de elegibilidade e ausência de condições de inelegibilidade, manifesta-se pelo seu deferimento”, diz trecho do documento.

Com a manifestação, o pedido de registro de candidatura de Savi, agora, será enviado para apreciação do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

BERERÉ - Segundo as investigações da Operação Bereré, parte dos valores repassados pelas financeiras à EIG Mercados por conta do contrato com o Detran retornava como propina a políticos e empresários. O dinheiro, de acordo com o MPE, era “lavado” pela Santos Treinamento - parceira da EIG no contrato - e por servidores da Assembleia, parentes e amigos dos investigados.

De acordo com a denúncia, os fatos vieram à tona a partir da colaboração premiada de Teodoro Moreira Lopes, o “Doia”, indicado por Mauro Savi para a presidência do Detran.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Eleitores de MT, agora cabe somente a nó  - Wilson




20:23 Governo mantém taxação do agronegócio e espera arrecadar R$ 1,46 bilhão
18:33 TCE define conselheiro que vai relatar contas de Mauro Mendes
18:32 Emenda exclui agência de projeto que prevê extinções no Governo
18:31 Servidores públicos invadem plenário da AL
18:05 Decreto prioriza salários, poderes e serviços essenciais


18:00 Defesa dos direitos individuais
17:59 Agronegócio não é o vilão
17:58 A raiz da crise fiscal
17:57 Ferramenta desvirtuada
17:54
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018