Segunda feira, 19 de novembro de 2018 Edição nº 15058 11/09/2018  










MULHERESAnterior | Índice | Próxima

Henrique Meirelles pede respeito

JOANA CUNHA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) –

A despeito da facada que vitimou o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), ele terá de aprender a respeitar as mulheres. A opinião é do concorrente Henrique Meirelles, candidato do MDB ao cargo.

"Independentemente da situação pessoal, ele vai ter que aprender a respeitar mulher, sim, porque quando eu for Presidente da República, nós vamos exigir o respeito a todos os gêneros. Mulheres e todas as raças serão respeitadas", disse Meireles ontem durante o evento de campanha em Parelheiros, bairro da periferia na zona Sul de São Paulo.

Ele ponderou que é preciso fazer "manifestação de respeito" a Bolsonaro, mas, "depois, com o problema da saúde do candidato resolvido", as ideia dele serão combatidas.

"Não é combater a pessoa. Nós somos radicalmente contra discriminação contra mulher, e isso não será permitido", completou o emedebista.

Questionando pela reportagem sobre em quantos dias os adversários devem voltar a criticar Bolsonaro, Meirelles afirmou que cada campanha deverá definir seu prazo.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:03 Após Guerrero, só rodízio para definir novo camisa 9
18:03 Tricolor perde eficiência ofensiva
18:03 Tite cede e tenta agradar os clubes
18:02 Corinthians pega o Fla pela recuperação
17:59 Master Mato-grossense goleia Olaria


17:59 Taça Mato Grosso começa em setembro e vai até dezembro
17:58 Palmeiras recebe o Cruzeiro no Allianz
17:53 TRE exclui PRTB da chapa de Taques
17:53 Atraso salarial é ‘fake news’, diz Taques
17:52 Juiz aponta ‘fake news’ e proíbe propaganda de Taques contra Mauro
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018