Quarta feira, 26 de setembro de 2018 Edição nº 15058 11/09/2018  










FUTEBOL-SELEÇÃOAnterior | Índice | Próxima

Brasil terá caras novas contra El Salvador

Como direito a seis substituições na partida, ainda há a expectativa para outros atletas, entre eles, Andreas Pereira, Felipe, Lucas Paquetá e Everton

Pedro Martins/MoWA Press
Marquinhos durante treino da Seleção Brasileira no Audi Field em Washington nos Estados Unidos
PEDRO LOPES
Da Uol/Folhapress – Washington

A Seleção Brasileira terá caras novas para o amistoso de hoje, contra El Salvador, às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Fedex Field, em Washington (EUA).

Ao todo, serão seis trocas em relação a equipe que iniciou o confronto diante dos norte-americanos, na última sexta-feira. Alisson, Fabinho, Thiago Silva, Filipe Luís, Fred e Firmino vão dar lugar para Neto, Militão, Dedé, Alex Sandro, Arthur e Richarlison.

Como o treinador terá direito a seis substituições durante a partida, ainda há a expectativa para outros atletas, entre eles, Andreas Pereira, Felipe, Lucas Paquetá e Everton.

Depois do amistoso contra El Salvador, a Seleção Brasileira de despedirá dos Estados Unidos. Um novo encontro está programado para os dias 12 e 16 de outubro, quando a equipe de Tite enfrentará Arábia Saudita e Argentina.

VETERANOS

Ao convocar 13 atletas que disputaram a Copa do Mundo para iniciar o ciclo visando 2022, Tite deixou claro que pretende fazer uma renovação gradual. Para eliminar qualquer dúvida, o treinador escalou dez remanescentes do Mundial na vitória sobre os Estados Unidos de sexta-feira, primeira partida depois da eliminação na Rússia. Há, entretanto, dentre os escolhidos, alguns atletas com chances reconhecidamente menores de estarem presentes no Qatar, e que tem uma função a exercer no começo da jornada.

Thiago Silva e Filipe Luís terão 38 anos em 2022. Willian terá 34, mas atua na posição mais rica em promessas e apostas, devendo com concorrer com David Neres, Rodrygo, Vinicius Júnior e Malcom. Neste grupo também entraria Renato Augusto, de 30 anos, mas o meio campista pediu dispensa para resolver problemas particulares.

Os veteranos escolhidos por Tite têm pontos em comum: são todos jogadores discretos, que exercem liderança sobre o grupo, tem bom relacionamento com os companheiros e raramente são notícia por qualquer coisa que não seja atuações de dentro de campo. No Brasil pós-Copa, elesdesempenham uma função que vai além de entrar em campo: receber e integrar ao grupo as caras novas da seleção.

Nos treinamentos, os três interagem com frequência com os mais novos, fazendo brincadeiras e desafios. Têm a companhia de Neymar, recém-eleito por Tite o capitão do Brasil em caráter definitivo. O objetivo é criar um ambiente favorável à adaptação rápida dos mais jovens.

"Acho que para os novos que estão chegando, o mais importante é confiança. Assim como eu fui recebido quando cheguei na seleção, tenho que passar isso para eles. Esse é o caminho, todos nós temos a nossa parcela de responsabilidade, e precisamos tentar fazer isso da melhor maneira possível", diz Willian.

Thiago Silva engrossa o discurso. "Temos que ajudar essa garotada a entender o mais rápido possível o que o hômi (Tite) quer, e recomeçar de uma maneira positiva. Esses garotos tem uma técnica enorme, mas chegar aqui não é fácil. Tentamos deixar o mais à vontade possível", diz.

Os jogadores mais novos reconhecem esse papel, e tem falado abertamente sobre o assunto durante a semana nos EUA. "Quando você chega em um ambiente onde não conhece todo mundo, fica mais tímido, cabisbaixo, e isso pode aparecer dentro de campo. Uma das virtudes desse grupo é colocar você para cima. Então aproveito para dizer obrigado a todos", diz o volante Arthur, de 22 anos.

Historicamente, Tite encontra dificuldades ao promover renovações nos times que comanda. Vindo de três eliminações em Copa, o Brasil disputa a Copa América em casa ano que vem, e a pressão será grande. Nesse contexto, o treinador escolheu a dedo os veteranos capazes de auxiliá-lo na missão. (Com agências)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:03 Após Guerrero, só rodízio para definir novo camisa 9
18:03 Tricolor perde eficiência ofensiva
18:03 Tite cede e tenta agradar os clubes
18:02 Corinthians pega o Fla pela recuperação
17:59 Master Mato-grossense goleia Olaria


17:59 Taça Mato Grosso começa em setembro e vai até dezembro
17:58 Palmeiras recebe o Cruzeiro no Allianz
17:53 TRE exclui PRTB da chapa de Taques
17:53 Atraso salarial é ‘fake news’, diz Taques
17:52 Juiz aponta ‘fake news’ e proíbe propaganda de Taques contra Mauro
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018