Quarta feira, 21 de novembro de 2018 Edição nº 15058 11/09/2018  










DISPUTAAnterior | Índice | Próxima

Gre-Nal tem confusão e acaba em desentendimentos no acesso aos vestiários

JEREMIAS WERNEK e MARINHO SALDANHA
Da Uol/Folhapress – Porto Alegre

O Gre-Nal vencido pelo Internacional por 1 a 0 acabou em confusão e briga no corredor de acesso aos vestiários. Depois do apito final, jogadores de Inter e Grêmio trocaram provocações, empurrões e até agressões mais fortes. E no corredor que dá acesso a cada um dos locais reservados houve confronto.

Após o apito do árbitro, a briga já começaria no campo. Mas os jogadores do Inter saíram para comemorar com os torcedores. O foco inicial tinha Rodrigo Moledo e Thonny Anderson. Mas na ida para o vestiário foi pior. Quando os jogadores se encontraram, D'Alessandro, Maicon (que sequer jogou), Rossi, todos entraram em confronto no mínimo verbal.

Renato Gaúcho queria acessar o vestiário do Inter, foi impedido por um segurança, que o segurou pelo pescoço. E então acabou participando também da troca de empurrões e agressões.

A briga generalizada tomou proporção tão grande que acabou danificando a porta do vestiário visitante do Beira-Rio.

"Não precisava nada disso, são dois clubes grandes, nada disso precisava acontecer", disse o diretor executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano.

Seguranças e profissionais de ambos os clubes seguiram a briga por breves minutos. Tudo sob olhar do árbitro Péricles Bassols Cortez, que pode relatar o ocorrido em súmula.

O clima naturalmente quente do jogo pesou na discussão, mas também as provocações que os jogadores do Grêmio fizeram ao Inter desde a conquista do título da Libertadores do ano passado.

Em campo, o Inter fez 1 a 0 e reassumiu a liderança do Brasileiro. E entre os torcedores não houve foco de brigas ou mesmo confusões semelhantes a esta.

Renato Gaúcho comentou depois o ocorrido. "A gente começa, em primeiro lugar, o Grêmio é grande. O Grêmio sabe ganhar E sabe perder. Hoje foi um Gre-Nal disputado e o Grêmio poderia ter saído com a vitória daqui. Tem gente que não sabe ganhar e querem tirar onda. E onda com o Grêmio, ninguém vai tirar", disse o treinador.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:03 Após Guerrero, só rodízio para definir novo camisa 9
18:03 Tricolor perde eficiência ofensiva
18:03 Tite cede e tenta agradar os clubes
18:02 Corinthians pega o Fla pela recuperação
17:59 Master Mato-grossense goleia Olaria


17:59 Taça Mato Grosso começa em setembro e vai até dezembro
17:58 Palmeiras recebe o Cruzeiro no Allianz
17:53 TRE exclui PRTB da chapa de Taques
17:53 Atraso salarial é ‘fake news’, diz Taques
17:52 Juiz aponta ‘fake news’ e proíbe propaganda de Taques contra Mauro
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018