Domingo, 18 de agosto de 2019 Edição nº 15057 07/09/2018  










HORÁRIO ELEITORALAnterior | Índice | Próxima

PT defende candidatura de Lula em campanha no rádio

GÉSSICA BRANDINO
Da Folhapress – São Paulo

No terceiro programa eleitoral no rádio, transmitido ontem, a campanha presidencial do PT fez a defesa de Luiz Inácio Lula da Silva como candidato, apesar da decisão do TSE que barrou o ex-presidente.

Fernando Haddad se apresenta como vice-presidente da chapa e afirma que, como advogado de Lula, pode dizer que ele é vítima de um projeto injusto. Haddad cita a decisão do Comitê dos Direitos Humanos da ONU, que defendeu o direito do ex-presidente disputar as eleições, mas diz que o TSE decidiu agir na contramão ao negar o registro da candidatura.

Segundo o ex-prefeito de São Paulo, a perseguição ao PT teve início em 2014, quando "Michel Temer traiu Dilma Rousseff, uma mulher honesta, e se juntou ao PSDB para tomar o poder".

O provável substituto de Lula na disputa seguiu fazendo críticas ao governo de Temer, citando o corte de recursos, aumento do preço dos combustíveis e a volta do Brasil ao mapa da fome. Haddad finaliza dizendo que o partido usará até o último recurso para ter Lula candidato.

O programa termina com a fala do ex-presidente, que diz que é preciso devolver o poder de consumo à população. "Só tem um jeito para o Brasil: é a gente voltar a acreditar no povo", diz.

No sábado a candidatura de Lula foi barrada pelo TSE, que determinou que ele não pode aparecer como candidato na propaganda eleitoral. Desde então, o partido tem usado o espaço para defender o petista.

Com o objetivo de liberar a candidatura de Lula, os advogados do ex-presidente apresentaram entre terça e quarta-feira um recurso e dois pedidos de liminar ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Entretanto, na madrugada de ontem o ministro Edson Fachin negou o recurso para suspender a inelegibilidade de Lula e manter sua candidatura.

Empatados tecnicamente segundo pesquisa Ibope de quarta-feira, Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PDSB) focaram seus programas em promessas para geração de empregos. Já Marina Silva fez um discurso contra o sistema do "poder pelo poder".

Ciro disse que pretende fazer um plano emergencial, para assim gerar oportunidades de trabalho e aquecer a economia do país. Já o programa de Alckmin destacou o trabalho da mulher do candidato, Lu Alckmin, como presidente do Fundo Social de Solidariedade em São Paulo.

MARINA SILVA

O pastor Hadman Daniel usou culto da Assembleia de Deus do Novo Dia para sair em defesa de Marina Silva, descrita por ele como "mulher de oração, crente, serva de Deus e temente ao Senhor". A presidenciável da Rede frequenta a instituição, em Brasília, presidida pelo líder religioso.

Sem citar nomes, Hadman afirmou que "tem muita gente" no meio evangélico falando "muita coisa e questionando o caráter da irmã Marina Silva".

Até agora, o principal ataque que a candidata sofreu de seus pares nesta eleição veio do pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Em vídeo divulgado no fim de junho, ele pregou que cristãos não votem nela e se disse arrependido de tê-la apoiado em 2014 - agora, está alinhado com Jair Bolsonaro (PSL).

"Pastor da irmã Marina Silva sou eu", disse Hadman repetidas vezes durante o culto. "Você pode não concordar com o plano de governo dela. Isso é com você. Mas não diga que ela não é mulher de Deus, porque eu caminho com ela."



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:03 Juiz prevê "prisão em massa" de membros do MPE
17:02 Os eternos donos do poder
17:02 Digital influencer
17:02 O STF e o combate ao crime organizado
17:01


17:01 Sinais de alerta na economia
17:00 Exposição em Paris transforma inteligência verde da floresta em arte
16:59 Gustavo Mioto planeja novo DVD no local de seu 1º show no Nordeste
16:59 Dupla sertaneja Diego e Victor Hugo tenta se firmar com músicas românticas
16:58 Número de discos vendidos por João Gilberto é nebuloso e trava processo milionário
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018