Terça feira, 13 de novembro de 2018 Edição nº 15055 05/09/2018  










PREÇO DO DIESELAnterior | Índice | Próxima

Média encolhe, mas desconto médio foi abaixo do anunciado

Da Reportagem

O preço médio do litro do óleo diesel comum nos postos de Mato Grosso apresenta uma leve redução na comparação entre as médias de abril ante as de junho. Conforme o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a variação foi de -1,02% no período, com o valor passando de R$ 3,800 para R$ 3,761. No entanto, a diferença de R$ 0,39 está abaixo dos R$ 0,46, desconto acordado pelo governo federal para cada litro do combustível e que começou a vigorar em junho.

Essa redução, o desconto de R$ 0,46, foi definido pelo governo federal após a crise de abastecimento que afetou o País, em maio, com a paralisação dos caminhoneiros.

O valor apurado no levantamento é o segundo menor do Centro-Oeste, ficando atrás do registrado em Goiás, R$ 3,401. O mais caro vem de Mato Grosso do Sul, R$ 3,660, seguido do Distrito Federal, R$ 3,611.

O IPTL de Mato Grosso ficou ainda acima do apurado no país, que foi de R$ 3,516, para o mesmo período de comparação em 2018.

Considerando o subsídio do governo federal, o valor médio do litro deveria estar menor em junho desse ano em relação ao mesmo mês do ano passado, mas na prática, conforme o Indicador da Ticket Log, em Mato Grosso houve aumento de 1,32. Nesse ano o apurado médio foi de R$ 3,761 ante R$ 3,712, de junho do ano passado.

O Índice de Preços Ticket Log (IPTL) tem como base 18 mil postos credenciados em todo o País.

O mês de maio não foi contemplado no recorte em razão da alta variação dos preços registrada nas bombas de todo o País no período.

BRASIL - Os motoristas pagaram menos pelo litro do diesel comum em julho, R$ 3,49, ante a média de R$ 3,62, registrada no mês anterior.

Em São Paulo o desconto médio foi de R$ 0,54, seguido dos estados da região Sul, onde: no Paraná, o desconto médio foi de R$ 0,49, em Santa Catarina de R$ 0,55 e, no Rio Grande do Sul, de R$ 0,50.

Pelo segundo mês consecutivo, a região Norte registrou os valores mais altos para o combustível: no Acre, o litro do diesel chegou a R$ 4,18, e, no Amapá, a média do diesel S-10 foi de R$ 4,29. São os preços mais caros do Brasil.

O levantamento mostrou que, no Sul, os valores são bem diferentes. Em Santa Catarina, o preço médio do diesel e do diesel S-10 foi de R$ 3,23 e R$ 3,29, respectivamente, os mais baixos do IPTL. Em seguida, aparece a região Sudeste, com destaque para São Paulo, onde o preço médio do diesel encontrado nos postos foi de R$ 3,24.

ACUMULADO - Ao analisar o preço do diesel no primeiro semestre, o IPTL mostra que o combustível teve um aumento de 8,6% no comparativo com o mesmo período de 2017. O preço médio do litro nos postos de todo País foi de R$ 3,51, ante R$ 3,21 do ano passado.

O Norte concentrou as médias mais elevadas. No Acre, o preço praticado nas bombas foi de R$ 4,02, seguido do Amapá, onde o litro custou em média R$ 4,01. Já em São Paulo, o litro do diesel foi o mais barato: R$ 3,22, valor abaixo da média nacional para o período. (MP)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:45 BOA DISSONANTE
19:44 Eduardo Mahon conversa com o intelectual João Antônio Neto
19:43 Os presidenciáveis e a Previdência
19:42 Educação no pré-sal
19:42 Aplicativos: empregado ou não?


19:42 Desafios do envelhecimento
19:41 Custo da incerteza
19:36 Morre aos 92 anos a atriz Beatriz Segall
19:36
19:35 Patrycia Travassos volta à Globo
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018