Quarta feira, 19 de setembro de 2018 Edição nº 15054 04/09/2018  










ADMAR PORTUGALAnterior | Índice | Próxima

Cuiabá na B

O Cuiabá Esporte Clube deixou escapar uma excelente oportunidade de abrir uma boa vantagem sobre o Botafogo de Ribeirão Preto (SP) no jogo de ida das semifinais da Série C do Campeonato Brasileiro. Com o acesso garantido à Série B do ano que vem, o atual campeão mato-grossense, apesar de jogar muito bem no domingo na Arena Pantanal, não repetiu o mesmo futebol dos primeiros 45 minutos do primeiro tempo diante do Atlético do Acre pelo confronto de ida das quartas de final da Terceirona do Nacional.

Diante de um público de mais de 25 mil torcedores no frio da tardezinha de domingo na Arena Pantanal, o Dourado não ousou em pressionar o clube paulista na Arena. Com apenas 17 anos de fundação e detentor de oito títulos estaduais – 2003, 2004, 2011, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2018, além de campeão da Copa Verde de 2015, esmoreceu no ex-clube do Dr. Sócrates, irmão do ex-jogador do Corinthians de da Seleção e comentarista da Rede Globo, Walter Casagrande, o Botafogo de Ribeirão Preto.

O Dourado é mais time que a equipe do interior de São Paulo. Não ousou e nem tentou explorar os contra-ataques fulminantes diante do clube que se vestia igual ao São Paulo Futebol Clube, líder do Campeonato Brasileiro deste ano. será que foi a camisa do adversário que pesou? Acredito que não, pois na primeira fase empatou sem gols no dia 29 de abril destro do estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 3ª rodada.

Na volta, no dia 1º de julho, pela 12ª rodada sapecou 2 a 1 no mesmo Botafogo, à época, líder do Grupo B com 24 pontos contra 19 do Dourado, terceiro colocado. Curiosamente os quatro primeiros do Grupo B eliminaram os quatro do Grupo A e todos garantiram o acesso à Série B do ano que vem. O Botafogo terminou em primeiro com 35 pontos, mesma pontuação do vice-líder Operário de Ponta Grossa (PR). O Cuiabá terminou em terceiro com 32 e o Bragantino em quarto com 29 pontos.

Nas quartas o Dourado pegou o Atlético do Acre, segundo colocado do Grupo A e sapecou 2 a 0 no jogo de ida na Arena com mais de 25 mil torcedores. Uma bonita festa e jogo que encantou. No jogo de volta na capital do Acre, Rio Branco, chegou a abrir dois de vantagem e acabou cedendo o empate em 2 a 0, mas carimbou o passaporte para a Série B de 2019. Agora não é pedir demais, vamos brigar para encerrar com chave de ouro conquistando o título de campeão da Série C.



ADMAR SILVA DE PORTUGAL é repórter

asportugal@diariodecuiaba.com.br



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:07 Tramita na AL projeto que revoga decreto de Taques
19:06 Mauro e Wellington criticam Caravana da Transformação
19:06 Mauro Savi protocola candidatura no TRE
19:06 MP pede fim da candidatura da juíza aposentada Selma
19:04 Sávio nega pagamento de cirurgia não feita


18:04
17:45 Richarlison lamenta por Pedro e promete luta pela titularidade
17:45 Schulle define hoje time do Cuiabá para jogo de sábado
17:44 Barbieri pede time mais ‘incisivo’ contra o Inter
17:44 Messi busca reinventar seu jogo
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018