Terça feira, 25 de setembro de 2018 Edição nº 15054 04/09/2018  










RODADAAnterior | Índice | Próxima

Inter perde chance de colar no líder

THIAGO FERNANDES
Da Uol/Folhapress – São Paulo

O Internacional perde no domingo boa oportunidade para colar de vez no São Paulo, que também não venceu. Com o resultado, o Inter segue na segunda colocação, com 43 pontos conquistados, três a menos que o líder São Paulo. A equipe colorada tinha a chance de colar no Tricolor, mas desperdiçou a oportunidade. O Cruzeiro é o sétimo colocado, com 31, e volta a ultrapassar o Corinthians, com 30.

Na próxima rodada, o Inter entra em campo diante do Flamengo, no Beira-Rio. O jogo será às 21h45 (de Brasília) da próxima quarta-feira. O Cruzeiro enfrenta o Botafogo, às 19h30 (de Brasília) do mesmo dia.

Egídio foi o grande nome da partida disputada no Mineirão. O lateral esquerdo do Cruzeiro apoiou e defendeu com qualidade. O jogador foi quem mais desarmou, com quatro roubadas de bola no Gigante da Pampulha, e deu dois passes para finalizações no confronto de domingo.

O pior foi Nico López. O atacante uruguaio fez um jogo muito abaixo da média pelo Inter. Com só uma finalização no período em que esteve em campo, ele teve atuação reprovada pelo técnico Odair Hellmann. Não à toa foi substituído por D'Alessandro aos 17 minutos do segundo tempo. O jogador chegou ao terceiro jogo seguido sem estufar a rede. Antes, ele havia passado em branco diante de Paraná e Palmeiras.

Quem também vive um jejum, ainda mais longo, é Barcos. A última vez que o argentino marcou um gol foi em 22 de julho. Ele está há nove jogos sem celebrar um tento. O fato fez com que o jogador fosse contestado por parte da torcida e perdesse espaço na equipe comandada pelo técnico Mano Menezes. Diante da má fase, o gringo se tornou suplente do time mineiro neste domingo.

A partida também marcou a volta do centroavante Leandro Damião, após 35 dias fora de combate. O jogador de 29 anos não entrava em campo desde 29 de julho passado, quando o Colorado venceu o Botafogo por 3 a 0, pela 16ª rodada.

Com o empate, o Inter pelo menos aumentou o período de invencibilidade no Brasileiro. O time colorado não sabe o que é perder um jogo desde 26 de julho passado. O time obteve cinco vitórias (Botafogo, Atlético-MG, Fluminense, Paraná e Bahia) e um empate (Palmeiras) nas rodadas mais recentes do Brasileirão. O último revés da equipe foi justamente em Belo Horizonte. No fim de julho, os gaúchos foram derrotados pelo América-MG por 2 a 1, no estádio Indepedência.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:07 Tramita na AL projeto que revoga decreto de Taques
19:06 Mauro e Wellington criticam Caravana da Transformação
19:06 Mauro Savi protocola candidatura no TRE
19:06 MP pede fim da candidatura da juíza aposentada Selma
19:04 Sávio nega pagamento de cirurgia não feita


18:04
17:45 Richarlison lamenta por Pedro e promete luta pela titularidade
17:45 Schulle define hoje time do Cuiabá para jogo de sábado
17:44 Barbieri pede time mais ‘incisivo’ contra o Inter
17:44 Messi busca reinventar seu jogo
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018