Sexta feira, 16 de novembro de 2018 Edição nº 15054 04/09/2018  










PÓLIO E SARAMPOAnterior | Índice | Próxima

Campanha de vacinação é prorrogada até 14 de setembro

Da Reportagem

Mato Grosso está entre os estados brasileiros que ainda não conseguiram alcançar a meta de 95% de vacinação das crianças de zero a menores de cinco anos de idade contra poliomielite e sarampo. No Estado, pouco mais de 89% do público alvo (202.216) foi imunizado, de acordo com dados do Ministério da Saúde (MS) divulgados ontem, após a realização do segundo dia “D” da campanha, realizado no último sábado.

No Estado, 52 municípios realizaram a segunda mobilização, conforme recomendado pelo MS. Enquanto isso, Cuiabá apesar de não ter atingido a meta anunciou a prorrogação da campanha até esta próxima quinta-feira (06). Porém, ontem o Ministério da Saúde informou que Estados e municípios que ainda estão abaixo da meta terão mais 15 dias para ofertar as duas vacinas na rede pública de saúde. Inicialmente, a mobilização nacional estava prevista para terminar no dia 31 de agosto passado.

“O Ministério da Saúde prorrogou até dia 14 de setembro a campanha nacional de vacinação. Até o momento, mais de 1,3 milhão de crianças não recebeu o reforço dessas vacinas. A recomendação é que estados e municípios façam busca ativa para garantir que o público-alvo da campanha seja vacinado. Até esta segunda-feira (3), 88% das crianças receberam as vacinas contra a pólio e o sarampo em todo o país”, informou o Ministério, por meio da assessoria de imprensa.

Na capital, a meta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é vacinar 95% das 34 mil crianças de um a quatro anos, 11 meses e 29 dias. Até a última sexta-feira, apenas 61,4% do percentual havia sido alcançado.

Conforme o MS, a campanha deste ano é indiscriminada, por isso, todas as crianças nessa faixa etária devem se vacinar, independente, da situação vacinal. Para a poliomielite, as crianças que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina na vida serão vacinadas com a vacina inativada poliomielite (VIP).

As crianças que já tiverem tomado uma ou mais doses receberão a gotinha (Vacina Oral Poliomielite - VOP). Em relação ao sarampo, todas as crianças devem receber uma dose da vacina tríplice viral, independente, da situação vacinal. A exceção é para as que tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias, que não necessitam de uma nova dose.

O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e faz parte da rotina nos postos de saúde. Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias. Por ano, são cerca de 300 milhões de doses de imunobiológicos distribuídos em todo o país.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:07 Tramita na AL projeto que revoga decreto de Taques
19:06 Mauro e Wellington criticam Caravana da Transformação
19:06 Mauro Savi protocola candidatura no TRE
19:06 MP pede fim da candidatura da juíza aposentada Selma
19:04 Sávio nega pagamento de cirurgia não feita


18:04
17:45 Richarlison lamenta por Pedro e promete luta pela titularidade
17:45 Schulle define hoje time do Cuiabá para jogo de sábado
17:44 Barbieri pede time mais ‘incisivo’ contra o Inter
17:44 Messi busca reinventar seu jogo
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018