Sábado, 17 de novembro de 2018 Edição nº 15053 01/09/2018  










SEM NENÊAnterior | Índice | Próxima

Técnico Aguirre busca alternativas

Da Folhapress – São Paulo

O São Paulo conseguiu chegar à liderança do Campeonato Brasileiro e se consolidar na posição após a parada da Copa do Mundo graças a Nenê. Na arrancada, o meia se mostrou um líder técnico em campo, com gols e assistências.

Suspenso com três cartões amarelos, o camisa 10 não poderá entrar em campo diante do Fluminense, neste domingo, no Morumbi. E o técnico Diego Aguirre terá de buscar soluções para minimizar a ausência de um dos protagonistas do São Paulo.

A tarefa não é fácil. Na última partida sem Nenê, antes do Mundial da Rússia, o São Paulo encontrou dificuldades na criação. Foi contra o Inter, em jogo válido pela 10ª rodada. Naquela ocasião, Lucas Fernandes não conseguiu manter o nível das atuações do titular. Sem criatividade, a equipe de Aguirre empatou sem gols com os gaúchos.

A tendência é que o treinador uruguaio volte a optar por um meio-campista com características similares às de Nenê. Se isso acontecer, Shaylon ocupará a vaga no time titular, com Lucas Fernandes como opção - depois da atuação contra o Inter, o jovem meia, candidato à sombra de Nenê no começo do ano, perdeu espaço no elenco.

Shaylon, por sua vez, vive uma fase oposta, embora ainda tenha certa resistência de parte da torcida. O meia substituiu Nenê na partida contra a Chapecoense e foi decisivo na vitória por 2 a 0 ao marcar o primeiro gol logo no começo da partida. Na etapa final, Shaylon deu lugar a Nenê, que participou do início da jogada do segundo gol.

Aguirre ainda pode voltar ao esquema com três volantes, algo colocado em prática no começo do seu trabalho à frente do São Paulo, quando Petros ainda estava no elenco são-paulino. Essa escolha é improvável, já que Jucilei também está suspenso do jogo e Hudson ainda é dúvida para o duelo.

Uma outra opção é escalar Diego Souza e Gonzalo Carneiro juntos, com ambos fazendo um revezamento na criação do time são-paulino. Vale lembrar que o São Paulo também não poderá contar com Everton, que deve ficar até três semanas fora do time devido a uma lesão muscular na coxa esquerda.

No confronto com o Ceará, Aguirre optou por escalar o lateral Bruno Peres mais avançado, com Régis pelo lado direito da linha defensiva. A estratégia deu certo: Peres fez o gol da vitória no Morumbi.

O São Paulo soma 45 pontos no Brasileiro, 22 pontos conquistados após a parada da Copa, em nove jogos - o aproveitamento é de 81,5%. O time paulista está três pontos à frente do Inter, o segundo colocado.

RISCOS

Para superar as retrancas, o São Paulo procura adotar um misto de agressividade e paciência. Há o cuidado para evitar que o time não seja afoito nem exagere na cautela para buscar o gol.

"Pode sair no primeiro minuto ou no fim dos 90. Quem vem ao Morumbi usa uma formação mais defensiva. Precisamos manter o padrão de jogo, a organização e a intensidade que o Aguirre pede", disse Bruno Alves.

No momento certo, explicou o beque, é necessária uma ousadia maior. "A gente precisa se expor e deixar alguns espaços, que são normais."

DESFALQUE

Arboleda foi convocado para os amistosos que a seleção do Equador fará nos Estados Unidos em setembro. O zagueiro, assim, desfalcará o São Paulo em duas partidas do Campeonato Brasileiro.

A equipe equatoriana vai enfrentar a Jamaica, no próximo dia 7, na cidade de Harrison. Quatro dias depois, medirá forças com a Guatemala, em Bridgeview.

Pelos compromissos com o time nacional, que inicia ciclo na tentativa de disputar a Copa do Mundo de 2022, o defensor perderá a 23ª e a 24ª rodadas do Brasileiro.

Arboleda não estará à disposição para o duelo com o Atlético-MG, no dia 5, em Belo Horizonte. Também será baixa no dia 8, quando o São Paulo receberá o Bahia no estádio do Morumbi.

A ausência do atleta de 26 anos não é tida como um grande problema. Não porque ele não tem se saído bem, mas porque Diego Aguirre adotou um rodízio no setor, confiando em Anderson Martins e Bruno Alves. Rodrigo Caio também está perto do retorno.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:26 Jayme lembra que criou Unemat e Maggi pede voto para Sachetti
19:26 Selma não dividirá mais palanque com Taques e Nilson
19:26 Taques pede reflexão, adversários atacam
19:25 Moisés Franz questiona o agronegócio
19:24 Metade da verba depende de aprovação do Congresso


19:24 BOA DISSONANTE
19:23 PIB cresce 0,2%; indústria cai 0,6%
19:23 Temer recua e adia reajuste para 2020
19:22 'Bolsonaro tem o hábito de agredir e ofender mulheres'
19:22 TSE rejeita contestação e aprova registro
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018