Terça feira, 15 de outubro de 2019 Edição nº 15051 30/08/2018  










MARCELA PRADO Anterior | Índice | Próxima

Ah, os ipês

Há um ano escrevi sobre a florada dos ipês, também falei que são encontrados em todo o território nacional e as variações do nome “ipê” de acordo com a região brasileira onde ele está.

Não há como andar pela cidade essa época do ano e não deixar de notá-los, tampouco falar sobre eles, aquelas árvores lindas que colorem os municípios brasileiros durante o inverno, trazendo beleza a uma época tão cinzenta, seca e cheia de queimadas.

Os ipês têm uma particularidade muito interessante, que é a intercalação entre as flores e as folhas. Já parou para perceber que quando as flores nascem, as folhas caem? É como se as folhas caindo fossem um aviso de que o inverno está chegando ao fim e as flores anunciassem que está próxima a primavera.

E por falar em flores, elas podem ser amarelas, rosas, brancas e lilás e o ipê pode chegar até trinta metros de altura, mas, na sua maioria, têm em média 15 metros e possuem uma madeira de qualidade, ou seja, não só muito utilizada para construções pesadas, mas também pelas pessoas, afinal possui propriedades medicinais curativas.

E é exatamente por essas propriedades que o ipê está ameaçado de extinção. Ao mesmo tempo em que há facilidade para encontrar mudas de ipê, principalmente nos hortos florestais, poucas pessoas buscam essas mudas para plantar, talvez pela demora no crescimento e primeira florada (aproximadamente 5 anos), mas ao precisar de uma boa madeira seja para construção de remos, currais ou produção de carvão, os ipês são lembrados.

Se você aprecia essas belas árvores, saiba que a florada de cada árvore dura aproximadamente uma semana, podendo chegar a dez dias, de acordo com a concentração de água na atmosfera. Então, se quer continuar a tirar belas fotografias e apreciar os ipês floridos pela cidade, aproveite, pois a hora é agora.

Mas se tem vontade de perpetuar esses momentos para as gerações futuras, plante uma árvore! E dentre tantas existentes na natureza, opte por um ipê!



* MARCELA PRADO, especialista em Direito Ambiental Urbano pela UFMT

marcelaprado1979@gmail.com



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:22 BOA DISSONANTE
18:21 31 - sexta-feira Mauro lidera para governo e Jayme senado
18:20 Feminicídio: um problema de todos
18:20 Tabelamento do frete
18:19 O direito e o agronegócio


18:19 Pais desinteressados
18:19 Desafio a democracia
18:17
18:16 Incisivo, D2 revela sofisticação sem truculência
18:16 Paul McCartney de volta com "Egypt Station"
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018