Terça feira, 23 de abril de 2019 Edição nº 15033 04/08/2018  










CASA DOS HORRORESAnterior | Índice | Próxima

Juiz manda penhorar R$ 3,2 mi de presidente da Câmara

Da Reportagem

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Justino Malheiros (PV), teve a penhora em suas contas bancárias até o valor de R$ 3.212.858,00 milhões, por determinação do juiz da Oitava Vara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Bruno D'Oliveira Marques. A ação de execução é do advogado Roberto Abrão, que cobra a dívida.

A decisão é do dia 26 de julho de 2018. “Considerando que o dinheiro encontra-se em primeiro lugar na ordem de bens penhoráveis, defiro o pedido de tentativa de penhora on-line, que deverá recair sobre dinheiro na conta da parte executada: Justino Malheiros Neto sobre o valor total de R$ 3.212.858,00”, diz trecho da decisão.

A penhora deverá ser realizada via Bacenjud, como é chamado o sistema informatizado que interliga o Banco Central do Brasil ao Poder Judiciário. Caso os R$ 3,2 milhões sejam encontrados nas contas, o vereador terá cinco dias para provar que os valores são impenhoráveis, como nos casos onde os recursos representam verbas salariais ou de sustento próprio, por exemplo. Porém, se o montante não estiver disponível, o advogado que cobra a dívida terá 15 dias para indicar bens passíveis de penhora sob pena da ação de execução ser suspensa durante 1 ano. "Em caso de, mesmo realizadas todas as buscas via sistemas judiciais disponíveis, não ter sido localizados bens hábeis a assegurar o pagamento do débito exequendo, intime-se a parte exequente para requerer o que entender de direito, no prazo de 15 dias, devendo indicar bens passíveis de penhora, cientificando-a de que, no silêncio, a presente execução será suspensa pelo prazo de 01 ano”, advertiu o magistrado.

os autos não dão detalhes sobre a origem da dívida. Também consta como devedor da ação (executado) o pai do vereador, o ex-deputado estadual João Malheiros. A penhora milionária, no entanto, atingiu apenas o presidente da Câmara de Cuiabá.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:27 Juiz manda penhorar R$ 3,2 mi de presidente da Câmara
18:27 Juiz Federal volta a suspender eleição
18:27 Deputados do PSD terão que apoiar Mauro Mendes
18:27 Notas de verbas indenizatórias somem
18:26 Mauro Mendes hoje; Taques e Wellington amanhã


18:02 Romário terá como vice ex-PM de Maricá
18:01 País não aguenta um novo poste de Lula, diz Ciro
18:01 Gleisi ouve Lula sobre vice do PT
18:01 Me fortaleço ao deixar minha sala
18:00 Convenção oficializará candidatura Alckmin
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018