Quarta feira, 22 de maio de 2019 Edição nº 15032 03/08/2018  










SAPINHOAnterior | Índice | Próxima

Criminoso perigoso morre em confronto com a polícia

JOANICE DE DEUS
Da Reportagem

Um dos bandidos da mais alta periculosidade de Mato Grosso morreu, na noite da última quarta-feira, em confronto com policiais militares. Flávio Castro de Lima, 31 anos, popularmente conhecido como “Sapinho”, tinha uma extensa ficha criminal e é um dos suspeitos de ter participado da tentativa de assalto ocorrida na última terça-feira, em uma residência, localizada no Jardim Mariana, em Cuiabá. Contra ele, pesavam pelo menos oito homicídios.

Os fatos mais recentes envolvendo “Sapinho” começou na última terça-feira, quando uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender um roubo em andamento em uma casa na Rua Lambari, no Jardim Mariana. Ao chegarem ao local, os policiais visualizaram alguns indivíduos entrando em um Gol branco. Ao perceberem a presença da polícia, os criminosos efetuaram vários disparos na direção da viatura e, em resposta, os militares também dispararam contra os suspeitos. Nisso, os ladrões abandonaram o carro e correram para uma área de mata e fugiram.

Já na noite da última quarta-feira, a polícia recebeu denúncia anônima de que um dos participantes de terem “metralhado” a viatura da PM, estaria em uma residência situada no bairro Novo Colorado, também na capital.

Diante disso, os policiais seguiram até o endereço informado e ao se aproximarem da casa foram recebidos a bala. Rapidamente, um dos militares reagiu e um dos tiros acertou “Sapinho”. Após ser atingido, os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), para prestar socorro ao suspeito. Mas, ele não resistiu ao ferimento e morreu ainda no local.

No local, a viatura da PM e a ambulância do Samu foram apedrejadas por populares, que alegaram uma certa violência na abordagem contra o suspeito. Porém, as informações dão conta que essas mesmas pessoas não estavam no local na hora da ação policial.

O corpo de “Sapinho” foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia. O caso está sendo apurado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

HISTÓRICO – Flávio de Lima, o “Sapinho”, tinha passagem por pelo menos oito assassinatos e tráfico de drogas. Ele já havia se envolvido em várias trocas de tiros com a polícia, isso desde a adolescência. Aos 17 anos, foi apenado por homicídio, permanecendo 1,8 ano no Centro Socioeducativo (antigo Pomeri). Em 2004, foi atingido por vários tiros disparados por dois ocupantes de uma motocicleta que fugiram em alta velocidade.

Na lista criminosa dele, consta o assalto a dois procuradores da Justiça do Trabalho, em dezembro do ano passado, nas proximidades do restaurante Uruguayo Parrilla, na Avenida Miguel Sutil, na região do Santa Rosa.

Na ocasião, os procuradores B.F.R.L e R.M.F. estavam em um carro, quando foram abordados por “Sapinho”, que estava armado e levou a bolsa da procuradora. Ao perceber que estava sendo seguido, o bandido jogou a bolsa de B.F. no chão e atirou contra a viatura da Polícia Militar. Os policiais revidaram os tiros, mas “Sapinho” conseguiu fugir.

Antes, em 2007, “Sapinho” e Weder Souza Bruno foram a julgamento pelo assassinato dos irmãos Reginaldo da Silva Moreira e Ronaldo da Silva Moreira. O crime ocorreu em 22 de julho de 2006, na Avenida Antárctica, no Novo Tempo, na capital.

Apesar de perigoso, ele era tido no bairro praticamente como um ídolo, sob a alegação de que evitava que os outros bandidos praticassem assaltos na região, oferecendo uma falsa ilusão de proteção aos moradores.

APELIDO - Segundo informações, o apelido surgiu por conta da forma como ele consegue escapar da polícia. Geralmente, ele corre e pula feito sapo por muros e terrenos baldios, sem deixar vestígio.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:27 Juiz manda penhorar R$ 3,2 mi de presidente da Câmara
18:27 Juiz Federal volta a suspender eleição
18:27 Deputados do PSD terão que apoiar Mauro Mendes
18:27 Notas de verbas indenizatórias somem
18:26 Mauro Mendes hoje; Taques e Wellington amanhã


18:02 Romário terá como vice ex-PM de Maricá
18:01 País não aguenta um novo poste de Lula, diz Ciro
18:01 Gleisi ouve Lula sobre vice do PT
18:01 Me fortaleço ao deixar minha sala
18:00 Convenção oficializará candidatura Alckmin
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018