Segunda feira, 18 de março de 2019 Edição nº 15023 21/07/2018  










FUTEBOL-NEYMARAnterior | Índice | Próxima

Neymar nega cai-cai e diz que fica no PSG

Craque brasileiro fala sobre as especulações em torno de uma possível saída do PSG e transferência para o Real Madrid, e diz que Copa não o desvalorizou

ARQUIVO
Não posso chegar para o meu adversário e falar 'meu amor, licença, que eu quero fazer o gol'", ironizou Neymar
RAFAEL ANDERY
Da Uol/Folhapress – São Paulo

Estrela principal do leilão beneficente em prol do instituto que leva o seu nome, o atacante Neymar respondeu ontem sobre as especulações em torno de uma possível saída do PSG e transferência para o Real Madrid. Em entrevista ao Fox Sports, o jogador garantiu que permanece no clube francês e criticou as notícias publicadas nas últimas semanas.

"[A relação com o PSG] tá bem, tá bem. A especulação é da imprensa, que acaba inventando isso, ouvindo historinhas. Fica um pouco chato isso, mas todo mundo sabe do carinho que eu tenho pelo presidente, pelo Paris, pela torcida, e todo mundo sabe por que fui para lá", afirmou Neymar.

"Eu tenho contrato com o Paris. Fui para lá por um desafio e em busca de objetivos. Isso não mudou na minha cabeça. Espero que essa temporada seja uma temporada de sucesso, vamos buscar títulos", completou.

Neymar não poupou elogios ao jovem Mbappé, que acaba de ser campeão do mundo com a seleção da França. "Olha, ele é um fenômeno, é um grande jogador. A gente já sabia disso pelo dia a dia com ele. Eu sei da qualidade que ele tem, e fico muito feliz e contente por ele ter feito uma grande Copa do Mundo", afirmou.

"Nosso time tem um elenco muito bom, a gente fica feliz de ter jogadores de muita qualidade no elenco. Esse reencontro vai ser legal. Eu falo com o Mbappé quase todos os dias, dei os parabéns pelo título. A gente vai ficar feliz em recebê-lo, o campeão do mundo", pontuou Neymar.

O camisa 10 também exaltou a contratação do goleiro Buffon, que acrescenta experiência ao elenco parisiense. "É um orgulho muito grande, uma honra dividir o vestiário com um grande goleiro. Pela história, pela pessoa que é, tem muito a nos dar e passar sua experiência", comentou.

ELIMINAÇÃO

Ao dar sua primeira entrevista após a eliminação da seleção brasileira da Copa do Mundo, nas quartas de final, após derrota para a Bélgica, Neymar aproveitou o momento para rebater críticas.

Criticado e alvo até de um desafio viral por causa de quedas e supostas simulações, ele defendeu seu estilo de jogo. "Meu futebol é de drible, de encarar o adversário. Não posso chegar para o meu adversário e falar 'meu amor, licença, que eu quero fazer o gol'", ironizou o jogador do Paris Saint-Germain.

"Eu tenho que tentar driblar e ele não vai me deixar passar, ele vai fazer a falta. O juiz está ali para isso".

"Você acha que eu quero ficar sofrendo falta toda hora? Dói, machuca. Depois dos jogos eu fico fazendo gelo quatro, cinco horas, é complicado", disse o atacante. "Mas quem não entende disso, quem não viveu isso de verdade nunca vai saber."

O camisa 10 da seleção na Copa disse ainda estar acostumado com as críticas.

"Sei que as coisas caem nas minhas costas, mas não tem problema. Minhas costas são bem largas, já estou acostumado com isso", afirmou.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:00
17:56 Juiz manda Taques apagar publicações no Facebook
17:50 Na TV, Taques volta a ironizar aliança DEM-MDB
17:47 Júlio e Bezerra rebatem Pedro Taques
17:46 Governo deve desbloquear R$ 666 milhões do Orçamento


17:46 Mauro diz que Taques quer ‘queirmar’ MDB
17:45 Ministro do STJ nega pedido a Lula
17:45 Programa de governo do PT prevê reforma do Judiciário
17:44 Geraldo Alckmin dá largada simbólica
17:44 Ciro lança candidatura e acena à esquerda
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018