Quarta feira, 18 de setembro de 2019 Edição nº 15015 11/07/2018  










Anterior | Índice | Próxima



Desinflando

Movimentações políticas das últimas horas estão desinflando a candidatura do senador Wellington Fagundes (PR). O MDB, de Carlos Bezerra, já colocou um pezinho no barco de Mauro Mendes (DEM).



Gostou

Quem gosta desta movimentação é o governador Pedro Taques (PSDB), que vai ganhar mais munição para colar Mauro com Silval Barbosa, o ex-governador que foi do PMDB, roubou o Estado e tinha negócios com MM.



Jogada

Além disso, Taques está de olho no PTB, que hoje apoia Wellington. Quem pode levar o PTB para os braços do tucano é seu mais novo amigo, o prefeito de Cuiabá - e do MDB -, Emanuel Pinheiro. Isso mesmo!



Tentáculos

Emanuel, que, apesar de ser do MDB, tem fortes tentáculos no PTB. A sua movimentação é para garantir uma chapa que dê condições de eleger seu filho Emanuelzinho deputado federal, hoje, seu principal objetivo.



Preferência

No mais, o prefeito anda olhando com distância a aproximação do seu partido ao projeto de Mauro Mendes. Não esconde de ninguém que prefere ver Taques continuar no Paiaguás a entregá-lo a um novo inquilino.



Lá!

As desavenças entre Emanuel Pinheiro e Mauro Mendes – que, até um passado bem recente, eram bem próximos – tem como pano de fundo articulações na Casa dos Horrores, vulgo Câmara Municipal.

Dia D

Aliás, sexta-feira que vem, dia 13, é o prazo final que a cúpula do DEM estabeleceu para fechar acordo com o MDB, ampliando a base de sustentação do ex-prefeito Mauro Mendes.

Nota

No fim do mês passado, a líder do MDB na Assembleia, Janaína Riva, emitiu nota negando as conversas e afirmando que o partido estava fechadíssimo com o seu sogro, o senador Wellington Fagundes (PR).

Quem manda

A coluna antecipou que as conversas entre os dois partidos estavam adiantadas. Fica cada vez mais claro que quem dita ordens no MDB é o deputado federal Carlos Bezerra. O resto é apenas figuração.

Memória

É bom lembrar que, em 1998, o hoje DEM (na época, PFL) se aliou ao PMDB, com Júlio Campos ao Governo e Carlos Bezerra ao Senado. O candidato à reeleição, Dante de Oliveira (PSDB), ganhou no 1º turno.

...............

Sujeira vale?

Dono do PSL em MT, Victório Galli acha que a juíza Selma Arruda é radical ao extremo ao recusar aliança com político ficha suja. O deputado não está nem aí para o currículo dos aliados. Só quer palanque para tentar garantir sua reeleição. Em entrevista, Galli disse se mirar em exemplos das igrejas – como as evangélicas -, que, segundo ele, aceitam qualquer um.

...............

Pobreza?

“Punido” com a aposentadoria compulsória, por venda de sentença, o desembargador Evandro Stábile teve negado pelo TJMT pedido de Justiça gratuita (isenção do pagamento de despesas de um processo).

Salário

Ao negar o pedido, o desembargador Dirceu dos Santos disse que Stábile tem plenas condições de pagar as despesas do processo. Em média, o salário de um desembargador é de R$ 47,6 mil.

Horrores...

Em artigo publicado na mídia, o empresário Renato Pereira, dono do Hotel Odara, acha que Casa dos Horrores “pega bem” na Assembleia Legislativa. A gloriosa Câmara de Cuiabá seria a “Casa do Espanto”.

...e moeda

O empresário acha ainda que falta criar uma identificação para o Tribunal de Contas. Poderia ser, segundo ele, “Casa da Moeda”. Cinco conselheiros são suspeitos de receber R$ 53 milhões de Silval, a título de propina.

Deu no “UOL”

Anunciado por Temer como novo ministro do Trabalho, Caio Vieira de Melo é sócio, em um escritório de advocacia, de Guiomar Mendes, mulher do ministro Gilmar Mendes, do STF. A informação é do site UOL.

Bola cheia

O VAR (video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo), polêmica na Rússia, será adotado nas quartas da Copa do Brasil. Wagner Reway, da FMF, é um dos oito árbitros habilitados para utilizar a ferramenta.

Bola murcha

Se o VAR já existisse aqui, Reway teria evitado um vexame: em março, marcou um pênalti para o Vitória-BA, contra o Flamengo, na abertura do Brasileiro. A bola pegou na testa de um jogador rubro-negro. O árbitro foi suspenso pela CBF.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:09 Wellington Fagundes é condenado pela Justiça
18:09 Taques minimiza declarações de Maggi
18:08 Programa injeta €3 mi a assentados
18:08 Clima entre vereadores esquenta na CPI da Saúde
18:08


17:50 Pela primeira vez desde 1990, algoz do Brasil não chega à final
17:50 França vê brilho de jovens e volta à final
17:49 Franceses vencem os belgas por 1 a 0
17:49 Após polêmica, croatas esperam apoio dos russos
17:49 Subasic conta como suportou dores
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018